segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

SAIBA O QUE MUDA NO DPVAT A PARTIR DE HOJE

Nesta segunda-feira, 18, a Caixa Econômica federal assumiu a gestão dos recursos do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT). 

Pedidos relacionados a acidentes com vítimas ocorridos a partir de 1º de janeiro deste ano poderão ser requeridos, de forma gratuita, diretamente em qualquer agência da Caixa. 

Já os sinistros ocorridos até 31 de dezembro de 2020, independentemente da data de aviso, permanecem sob a gestão da Seguradora Líder do Consórcio DPVAT.

De responsabilidade da Superintendência de Seguros Privados (SUSEP), vinculada ao Ministério da Economia, o DPVAT é um seguro obrigatório destinado a indenizar vítimas de acidentes de trânsito ocorridos em todo o território nacional.

Não houve mudança nos requisitos para concessão do seguro. A indenização do DPVAT é paga em casos de morte, invalidez permanente total ou parcial e para reembolso de despesas médicas e hospitalares da rede privada por danos físicos causados por acidentes com veículos automotores de via terrestre ou por suas cargas. 
Por Tadeu Nogueira 
Com informações do Jornal O Povo 

RETOMADO ASFALTAMENTO DA ANTÔNIO ZEFERINO VERAS

O asfaltamento da Rua Antônio Zeferino Veras, entre o Posto Rocha e a Praça Antônio Pereira Brandão, no Bairro Rodagem do Lago, em Camocim, foi retomado. A extensão chega a 1,6 km. 

Iniciado no último mês do segundo mandato consecutivo de Monica Aguiar, a obra foi reiniciada pela prefeita Betinha Magalhães (PDT). 

Segundo Luiz Filho, Secretário de Infraestrutura, mais ruas serão asfaltadas.  

Por Tadeu Nogueira 
Foto: Wanderson Lima

COVID: VACINAS CHEGARÃO A CAMOCIM NESTA SEGUNDA

O primeiro carregamento da tão aguardada vacina contra a Covid-19 já está a caminho do Ceará. O governador Camilo Santana acompanhou a logística do envio na manhã desta segunda-feira (18), no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. 

Segundo o Ministério da Saúde, são 186.720 doses no Ceará para público geral e mais 42.480 separadas para população indígena. A soma dá 229.200 doses. A Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) estimou 218 mil doses. A chegada das vacinas ao Ceará está prevista para 13h15min.

Após a chegada em Fortaleza, as vacinas serão distribuídas para os municípios por meio de regiões. Sobral receberá as doses por via aérea. De lá, caminhões refrigerados seguirão para as demais cidades da zona norte. 

Segundo Ione Sousa, Coordenadora da Área Descentralizada de Saúde de Camocim, as vacinas deverão chegar ainda hoje. "De Camocim, sede da ADS, elas serão enviadas para os municípios de Chaval, Barroquinha, Granja e Martinópole", disse ela ao Camocim Online. 

Segundo Antonio Vandevelde, Coordenador de Imunização da Secretaria Municipal da Saúde de Camocim, as unidades de saúde estão prontas para iniciar a vacinação da população.  

Na primeira fase serão vacinados os trabalhadores da área da saúde que estão na linha de frente contra a Covid-19; idosos acima de 75 anos; pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência; e a população indígena. Cada pessoa receberá duas doses. A segunda será aplicada após 21 dias. A previsão inicial é de que a vacinação comece nesta quarta-feira (20). 

Por Tadeu Nogueira

ROCHE DECIDE FECHAR FÁBRICA NO BRASIL

O grupo farmacêutico suíço Roche decidiu encerrar a produção de medicamentos no Brasil. 
Em comunicado, a companhia informou as atividades de sua fábrica, localizada em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, deverão ser totalmente encerradas entre quatro e cinco anos. 

A Roche Farma Brasil, divisão do grupo no país, manterá a sede e o escritório administrativo em São Paulo, e o centro de distribuição que possui em Anápolis (GO). 

Segundo a empresa, não há previsão de redução do quadro de funcionários no Rio de Janeiro em 2019, em decorrência do anúncio. Atualmente, são 440 empregados na unidade. 

Segundo a Roche, os medicamentos produzidos atualmente no país (Bactrim, Bonviva, Cymevene, Dilatrend, Dormonid, Lexotan, Prolopa, Rivotril, Rocaltrol, Rohypnol e Valium) consistem em produtos de alto volume e baixa complexidade, "o que torna a operação do Rio de Janeiro pouco sustentável". A Roche reforça que continuará abastecendo os pacientes com os medicamentos de alta qualidade hoje fabricados no Rio. 
Por Tadeu Nogueira
Fonte: G1

domingo, 17 de janeiro de 2021

COVID: ENFERMEIRA É A PRIMEIRA BRASILEIRA VACINADA NO PAÍS

Uma enfermeira negra do hospital Emílio Ribas, que está há oito meses na linha de frente do combate ao coronavírus, é a primeira brasileira a receber neste domingo uma dose da vacina Coronavac, tão logo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o uso emergencial da vacina contra Covid-19.

Trata-se da enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, moradora de Itaquera, com perfil de alto risco para complicações da covid-19. Ela é obesa, hipertensa e diabética. A expectativa é que ela receba a vacina no Hospital das Clínicas, onde o governador João Doria fará um pronunciamento logo que a aprovação saia.

Apesar de se enquadrar nessas condições, em maio do ano passado, no auge da primeira onda da doença, ela se inscreveu para vagas de CTD (Contrato por Tempo Determinado), escolhendo trabalhar no Emílio Ribas, no epicentro do combate à pandemia.

Por Tadeu Nogueira

sábado, 16 de janeiro de 2021

CONSTRUTOR EMÍLIO CELEBRA CONTRATO HABITACIONAL

O Construtor e Corretor de Imóveis Emílio Sampaio trabalha com venda de terrenos, escritura púbica e aluguel de imóveis em Camocim. 

Além disso, realiza o sonho da casa própria, oferecendo o melhor preço, prazo e acabamento da cidade. 

Nesta semana, em parceria com o colaborador Marcos Mendes, da Ceará Promotora, sua empresa assinou o primeiro contrato habitacional de 2021 com a cliente Vanessa Marques. Seu imóvel terá três dormitórios. 

Faça como a Vanessa, realize seu sonho. 

Mais informações com o Corretor de Imóveis e Construtor Emílio Sampaio (CRECI 017.108-F). Trabalhamos também com aluguéis de Imóveis. 
Contato: (88)  9 9763-9703 (whatsapp) 
Direct: @emiliosimoveis

ADQUIRA JÁ SEU LOTE NO VILLA CHICHÁ 2

 

More em local diferenciado em Camocim, listado entre os destinos turísticos mais visitados do Ceará.  

O Loteamento Villa Chichá 2, pertinho do Posto Rocha, no “Tapete Verde”, a 3 minutos do centro da cidade, possui lotes de 7m x 25m, já dotados de água, pavimentação em pedra tosca, energia e rede de esgoto. 

O Chichá 2 fica próximo a uma lotérica, mercantis, caixa eletrônico 24 horas e aeroporto. 

O empreendimento é 100% regularizado, com financiamento próprio facilitado e condições especiais para lotes à vista. Você compra seu lote em até 120 meses.

O Loteamento Villa Chichá 2 consegue aliar sossego e bem-estar, vantagens essenciais para uma boa qualidade de vida.

Não deixe passar essa oportunidade. Para saber mais, faça seu pré-cadastro AQUI. A equipe de corretores entrará em contato.

ASSOCIAÇÃO CAMOCINENSE ESTÁ NA FINAL DO ITAÚ SOCIAL UNICEF

A Associação Comunitária do Bairro Boa Esperança, de Camocim, está na final do Programa Itaú Social Unicef. 

A instituição Camocinense ficou entre as 14 melhores do Nordeste, sendo a única da região presente na fase final. O trabalho que concorre ao prêmio do Programa fez parte do projeto do município que culminou com a conquista do Selo Unicef (2017-2020). 

O Programa é uma Iniciativa do Itaú Social e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária – Cenpec Educação. 

Ele é aberto para a Organização Social Civil com pelo menos um ano de atuação no País e que trabalhe na perspectiva da educação integral e inclusiva, com ações diretas para e com crianças e adolescentes. A Associação Comunitária da Boa Esperança é presidida atualmente por Aderaldo Lima. 

Por Tadeu Nogueira 

CORRETOR DE IMÓVEIS EDU ALBUQUERQUE


sexta-feira, 15 de janeiro de 2021

SOBRAL: JUSTIÇA PROÍBE SANTA CASA DE COBRAR POR CIRURGIAS

Nesta sexta-feira (15), a Justiça Federal, acatando ação promovida pelo Ministério Público Federal, proibiu a Santa Casa de Sobral de cobrar por todo e qualquer procedimento, inclusive cirurgias, a qualquer pessoa. 

O descumprimento de tais determinações acarretará a perda do valor referente ao incentivo SUS, bem como o reconhecimento da obrigação de devolver o montante recebido ao longo dos anos.

À Prefeitura de Sobral, como contratante, caberá intensificar a fiscalização para garantir que a decisão judicial seja cumprida. "Dia histórico para a saúde do povo de Sobral e da zona norte", comemorou o Prefeito Ivo Gomes em seu perfil no Facebook. 

Por Tadeu Nogueira

VOO CANCELADO: ÍNDIA NÃO AUTORIZA VACINA PARA O BRASIL

Anunciado inicialmente para a última quarta-feira (14) pelo ministro Eduardo Pazuello, o
voo da Azul que deve buscar dois milhões de doses da vacina de Oxford contra o coronavírus não tem mais data certa para acontecer. 

O governo indiano vetou a liberação imediata das doses e não se comprometeu com um prazo, frustrando os planos brasileiros de começar a distribuir o imunizante pelos estados já na segunda (18), caso a Anvisa libere no dia anterior seu uso emergencial.

Sem contar com a fórmula desenvolvida em convênio com a brasileira Fiocruz, o governo federal agora conta apenas com a Coronavac, vacina feita pelos chineses da Sinovac com apoio do Instituto Butantan, para iniciar a imunização no Brasil – também necessitando do aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária.
Por Tadeu Nogueira 
Fonte: Metrópoles

COMECE O ANO COM VEÍCULOS DA CAMOCIM LOC CAR

Neste 2021, a Camocim Loc Car segue oferecendo veículos novos pelos menores preços do mercado. 

A empresa é referência no setor de locação veicular, priorizando a comodidade e segurança de seus clientes.

Além do aluguel de veículos, a Camocim Loc Car oferece também viagens com motorista.
Ligue agora e faça sua reserva:
(88) 9 9625-7571 (whatsapp) /  9 9218-8950 / 3621-2163 ou diretamente na Loja Edu Construções (Rua José de Alencar, 259, altos). 

Atendimento 24 horas 

UM ANO DE PANDEMIA: COVID-19 E INDIVIDUALISMO SEGUEM CAUSANDO VÍTIMAS

Por Paulo Emanuel Lopes*

Recentemente encontrei o convite para uma festa de aniversário: os 50 anos de um primo, que seriam comemorados em 21 de março de 2020, mas que acabou cancelada. 

Naquele momento eu imaginei que seria por pouco tempo e que, certamente, comemoraríamos o seu 51º. É assustador pensar hoje que, apenas com muita sorte, conseguiremos pensar no 53º.

Em janeiro de 2020 teve início o primeiro surto oficial da doença, em Wuhan, uma populosa cidade na China. E ao contrário do que todos gostariam, um ano depois do início da doença, a Covid-19 segue causando sérios problemas. Em alguns locais, inclusive, com mais sobrecarga do sistema de saúde do que durante sua primeira onda de infecções, no primeiro semestre de 2020. 

Faltou oxigênio em Manaus (AM) esta semana, principal insumo que os acometidos pela doença precisam para sobreviver. Há relatos na mídia de médicos utilizando morfina para aliviar a agonia da falta de ar em seus pacientes. Isso é chocante. Faltou oxigênio na rede privada e pública de saúde do Estado, portanto, não há de se culpar a política. 

Manaus é uma cidade enorme, com 2 milhões de habitantes e um dos custos de vida mais caros do país. Não faltou insumo hospitalar em um povoado distante, mas em uma das maiores cidades do Brasil. A rede hospitalar manauara certamente tinha condição de manejar a doença, como vinha fazendo, mas acabou colapsada com o aumento no número de casos, resultado das festas de fim de ano. Muitos viveram o fim de 2020 como se fosse o encerramento, também, do ciclo da Covid-19. "Só que não".  

Outros estados estão se movimentando para receber pacientes de Manaus, ajudando assim a desafogar o sistema de saúde local. Mas se todo o Brasil chegar a este ponto, para onde vamos levar nossos doentes? 

Está havendo, neste instante, duas pandemias: a de Covid-19 e a de individualismo. E esta segunda tem como grande propagandista, em nosso país, o próprio presidente. 

Outro dia, no meu local de trabalho, um comerciante inconformado com o aumento nos preços me disse que a culpa da desvalorização do real não era do Bolsonaro, mas do Rodrigo Maia. Sem entender o porquê eu pedi para que explicasse: o presidente da Câmara dos Deputados havia liberado muito dinheiro, com o auxílio e para os estados e municípios diretamente, por isso a piora na situação econômica do país. 

Não respondeu porque a moeda de outros países, em situação parecida com a nossa, não caiu tanto. Foi chocante perceber que, após tantos anos da culpa ser “do PT”, continuamos pondo a culpa de nossos próprios erros nos outros. 

Caos como os vividos neste momento em Manaus, no resto do Brasil, Londres, na Inglaterra, entre outros locais, são tristes consequências desta pandemia. Mas também do individualismo e da arrogância de tantos que, com pose de “Albert Einstein”, afirmam não precisar da mídia ou da orientação de médicos e especialistas num momento como este. 

Preferem acreditar na Cloroquina e em um presidente com formação em paraquedismo que colocou um militar da ativa para Ministro da Saúde, em plena crise sanitária global.  

*Graduado em Jornalismo (2020) e Publicidade e Propaganda (2016). Escreve às sextas.
(A foto mostra o tradicional Bar da Mocinha, em Fortaleza, em 10/01/2021)

COVID: CAMILO USARÁ AERONAVES PARA LEVAR VACINA AO INTERIOR

Nesta sexta-feira, 15, o governador Camilo Santana (PT) visitou o Centro de Distribuição de Medicamentos da Sesa, em Maracanaú, junto com o titular da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa), Dr. Cabeto. 

Lá estão armazenadas parte das seringas e agulhas adquiridas para garantir a vacinação contra a Covid, além de EPIs, testes e medicamentos distribuídos para a rede pública de saúde. 

O governador reforçou que o Estado está preparado para a vacinação. "A secretaria comprou vários refrigeradores e estamos preparando toda a logística para distribuímos também de forma aérea, para que possa chegar o mais rápido aos municípios". A distribuição ocorrerá por aviões e helicópteros. 
Por Tadeu Nogueira 
Fonte: Jornal O Povo