terça-feira, 27 de fevereiro de 2024

CONDOMÍNIO MARIA DE LOURDES

Localizado à Rua 24 de maio, 2798, em Camocim, a um quarteirão da Beira-Mar, o moderno Condomínio Maria de Lourdes oferece casas de 2 e 3 quartos, praça, playground e garagem para 2 carros. 

A moradia, no formato de aluguel, possui total segurança, com cerca elétrica, câmeras e vigilância 24 horas. 

Mais informações: 

Corretor de Imóveis Edu Albuquerque (Creci 11203F)
(88) 9 9625-7571 (whatsapp) ou pelo direct de @edu.corretor

Veja mais fotos AQUI 

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024

CONCURSO DE CHAVAL SERÁ FEITO EM GRANJA; DECISÃO GERA REVOLTA

Mais uma para a Série "É o cão que acredita"! 

O Prefeito de Chaval, Sebastião Veras, alegando falta de espaço físico por conta de um expressivo número de inscritos no concurso público do município, decidiu, nesta segunda-feira (26), aplicar boa parte das provas em Granja, distante 70 km, reduto político de seu líder político, o deputado Romeu Arruda. 

A medida, considerada absurda, tem gerado revolta entre os candidatos inscritos no certame. 

"Não é possível que o Ministério Público vá permitir essa loucura. Eu nunca vi isso na minha vida. Sem falar que Granja já tem fama de irregularidades em concursos. O prefeito deveria aplicar as provas em dois finais de semana, como fez Barroquinha", disse um candidato. 

Por Tadeu Nogueira 

CHAVAL: PREFEITO SEBASTIÃO TERIA AMEAÇADO REPÓRTER POR MATÉRIA SOBRE ESCOLA

Na tarde deste domingo (25), por volta das 13 horas, o Prefeito de Chaval, Sebastião Veras, foi até a casa do sogro do repórter do Portal do Águia, de Parnaíba, para tirar satisfação após uma matéria sobre uma escola abandonada no bairro Salgadinho, em Chaval.

Naquele momento, o repórter Águia estava dormindo após o almoço, quando o prefeito o procurou e deixou um recado de que iria "pegá-lo", perguntando ainda a que horas ele iria embora para Parnaíba e que iria esperá-lo no povoado chamado Retiro.

Diante dessa clara ameaça, o repórter informou o ocorrido à Polícia Militar. Um Boletim de Ocorrência também foi feito por parte do jornalista. 

“Tamanho Século XXI, o prefeito de Chaval age como um coronel, querendo que o povo ande sob suas rédeas, que não possa falar mal nem criticar sua gestão. Se falar, já sabe que haverá represálias. Todos têm que andar de orelha baixa, como burros. O prefeito, quando está embriagado, tem fama de dar tapas na cara das pessoas, mas comigo a situação é diferente”, pontuou o repórter. 

Confira acima a matéria que teria deixado enfurecido o Prefeito Sebastião. Vale lembrar que ele foi indiciado por lesão corporal grave, após ter espancado um morador. 

Por Tadeu Nogueira 

GRANJA É O MUNICÍPIO DO CEARÁ COM MENOS BANHEIROS EM RESIDÊNCIAS

QUASE 15% DOS GRANJENSES NÃO 
TÊM ONDE FAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS 

Ainda há pessoas que vivem sem banheiro ou sanitário em casa em todos os 184 municípios do Ceará, conforme os dados do Censo Demográfico de 2022, divulgados nessa sexta-feira, 23. 

Em 28 cidades, o número ultrapassa mil residentes sem local adequado para as necessidades fisiológicas. Ao todo, 93.979 cearenses vivem nessa condição de vida.

Granja, na região Norte, é a cidade que tem maior quantidade absoluta de domicílios e residentes sem banheiro. 

Dos 54 mil habitantes, 6.934 pessoas moradoras de 2.198 domicílios não têm acesso ao sanitário em casa, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que elabora o Censo.

"Essas pessoas, que representam quase 15% da população da Granja dos eventos milionários, mostrada nas redes sociais como cidade modelo, defecam em baldes ou sacolas. Depois elas jogam no tambor de lixo, quando tem, ou jogam as fezes nos terrenos baldios, que no período chuvoso acabam indo para o Rio Coreaú, transformado então em um gigante esgoto a céu aberto. O mesmo rio mostrado na internet como se fosse bem cuidado", disse um morador. 

Por Tadeu Nogueira (Com informações adicionais do Jornal O Povo)

O MARXISMO DO GRANJENSE LÍVIO XAVIER

Jornalista, tradutor, poeta e crítico literário, foi pioneiro do trotskismo brasileiro, tendo sido membro do Partido Comunista do Brasil (PCB) e, mais tarde, fundador do Grupo Comunista Lênin e da Liga Comunista Internacionalista. 
Lívio Barreto Xavier nasceu em Granja, em 25 abril de 1900. 

De família abastada, Lívio Xavier foi uma criança cercada dos confortos possíveis naqueles tempos e paragens do interior do Ceará, mesmo sendo o terceiro de uma família de 13 rebentos. 

Teve como pais Elisa Barreto Xavier e Ignácio Xavier – quem de início foi caixeiro-viajante e mais tarde se associou ao poderoso comerciante Carvalho Mota, o que lhe permitiria constituir uma empresa própria (chegando a ser tratado como “coronel”). 

O pai do futuro revolucionário era adepto da reacionária oligarquia dos Acciolys, laços que resultaram em facilidades usufruídas depois pelo filho – quando teve de se deslocar a Fortaleza para estudar.

A formação espiritual de Lívio Xavier, seu ingresso no universo da leitura e da escrita, começou muito cedo, por volta dos cinco anos de idade, quando sua inteligência já chamava a atenção – influenciado por sua mãe, que lia muito, e pelo contato com os negociantes que transitavam na firma do pai. 

Porém, seu caráter questionador também o afastava da participação nas tradições locais, especialmente as religiosas, às quais dedicava indiferença no que dizia respeito à doutrina, mas não em relação aos aspectos cênicos dos rituais, que o fascinarão até a idade adulta. Além da fruição estética, a vida religiosa na pequena Granja (ainda mais tendo como padrinho de crisma o próprio bispo diocesano) era um sinal de distinção social; mas ele nunca chegou a ser um fiel.

Desde os primeiros estudos na escola, exerceu em paralelo um intenso autodidatismo, já que a família constituíra um bom acervo de livros célebres: de Victor Hugo, Herculano e Júlio Diniz a José de Alencar, Joaquim Manuel de Macedo e Olavo Bilac. Aos 13 anos, partiu do porto de Camocim, cidade litorânea mais próxima de Granja, para Fortaleza, onde levaria a cabo os estudos secundários e viveria sob a proteção dos amigos ilustres da família – até se mudar para o Rio de Janeiro para cursar direito.

Siga lendo na Revista Fórum: 


domingo, 25 de fevereiro de 2024

CAMOCIM E O ELIXIR DE NOGUEIRA


O que um simples anúncio de remédio pode revelar para a história? 

Muito mais do que a gente pensa. Numa época em que a indústria farmacêutica e a mídia ainda não tinham o arsenal de mídias que possuem hoje, os anúncios em jornais e revistas, além do rádio, era a maneira de propagar os efeitos de seus produtos, sem falar dos propagandistas de feiras a percorrer o país. 

Mas hoje vamos enfocar os anúncios dos remédios em revistas de circulação nacional, como a D. Quixote, do Rio de Janeiro. Um dos recursos de marketing da época era o depoimento de pessoas, impressos nas revistas, contando como foram curadas, oriundas de várias cidades do país. Neste sentido, encontramos vários destes depoimentos enviados de Camocim, quase sempre por indivíduos da chamada “sociedade”, ou seja, da elite local. 

No anúncio destacado, enaltecendo os efeitos curativos do Elixir de Nogueira, observa-se no depoimento do Sr. Francisco Menescal Carneiro, identificado como Redator Chefe do jornal “O Rubi”, que ele foi curado “de um forte reumatismo no peito” e que sua mulher e uma filha que sofriam de “flores brancas” e que HISTÓRIAS 91 foram completamente curadas. 

“Flores Brancas” era o nome popular para candidíase Além de se visualizar uma foto do jornalista Francisco Menescal Carneiro, muito rara para os dias de hoje, sabemos pelo anúncio que o Elixir de Nogueira era vendido em todo o Brasil e países da América Latina como Argentina, Uruguai, Bolívia, Chile, dentre outros. 

Por uma simples carta datada de 1917 e anunciada numa revista em 1921, podemos ter várias informações e possibilidades de se ver a história da cidade. Este é o seu fascínio!

Texto extraído do livro "Miolo de Pote", de Carlos Augusto P. dos Santos 

sábado, 24 de fevereiro de 2024

CONFIRA A OFERTA DA FARMÁCIA DO RICARDO

Na Farmácia do Ricardo você encontra Medidor de Glicose por apenas R$ 59,90.   

Ligue e Peça: (whatsapp): (88) 9 9961-4742.

Facebook: @farmaciadoricardo

Siga @farmaciadoricardo no Instagram

Endereço: Rua Alcindo Rocha, na esquina da Rua José Maria Veras, ao lado do Bradesco.

RESERVA D'LOURDES - LUGAR PERFEITO PARA CONSTRUIR SUA CASA

 

Conectado às principais vias da região, o Reserva D’Lourdes é o lugar perfeito para construir a sua casa. Garanta agora mesmo o seu lote com um dos nossos consultores. 

Acesse o link na bio de @reservadlourdes

O DISCÍPULO MENOR DE SPINOZA

Por Avelar Santos* 

Ao vislumbrar as derradeiras curvas do caminho, antes de atingir a vastidão da planície, compelido, por vezes, a retroceder, continuo a seguir adiante, olhando, emocionado, o brilho do sol.

Não tenho mais pressa!

Ando devagar, saboreando as pequeninas coisas do cotidiano, perdidas, outrora, na burocracia interminável dos dias, incrustradas, agora, gemas preciosas, num belo diadema real.

E abraço, com ternura, e gratidão, cada amanhecer como se fosse o último.

Certa feita, ao ser indagado se acreditava na existência de Deus, Einstein respondeu: "O Criador se revela por si mesmo na harmonia de tudo que existe no universo."

Comungo dessa visão do eminente cientista germânico, amparado, sobretudo, na sublimidade das ideias de Spinoza, perseguido injustamente como herege, pela Santa Inquisição, ao afirmar que podíamos contemplar o Altíssimo no sorriso de uma criança, na beleza de uma flor, no murmúrio dos riachos, no canto dos passarinhos, na altivez das montanhas, na poesia cálida e serena dos bosques.

Tudo isso expressa o amor divino por nós!

Batido, com vigor, na bigorna do tempo, aprendi a ser complacente com as pessoas, inclusive comigo mesmo, procurando estender, sempre que posso, o tapete do perdão, ao meu redor, que, ao invés da cama de Procusto, alonga-se cada vez mais.

No entanto, ninguém precisa ficar velho para trilhar os caminhos da vida com alegria no coração.

Basta pensarmos as feridas da alma, esquecermos os dissabores, fazermos as pazes com o passado, aquecermos a alma na chama da esperança do porvir de um novo amanhã.

Mas, lembremo-nos: Nada é para sempre!

Baruch dizia que devemos aproveitar a existência, na sua plenitude, respeitando o próximo, amando a família, tecendo amizades, cuidando da natureza.

Filósofo brilhante, Spinoza escreveu, com maestria, que manifestamos o pulsar da Divindade quando beijamos a mulher amada, agasalhamos a filhinha, nos braços, ou sentimos compaixão pela dor e sofrimento do próximo.

E continua a nos exortar, com seus ensinamentos, que desfrutemos das maravilhas do mundo, redescobrindo Deus que mora em nós mesmos.

Sob o azougue do pensamento de Spinoza, que atraiu a Europa, no século XVII, Ética, sua obra-prima, é uma joia da filosofia moderna, cuja tessitura é similar a um tratado de geometria, algo realmente genial.

Ao me deparar com os escritos magistrais de Spinoza, a chama do farol da fé aumentou, em mim, o seu fulgor, tornando-me, dele, um discípulo menor.

Assim, vejo Deus na poesia das manhãs, no luzir das estrelas, no fragor das ondas do mar, no voo solitário da gaivota, na doçura do olhar de uma criança.

É nesse Ser Supremo, Alfa e Ômega, imanente, misericordioso, que me acolhe, debaixo de Suas asas protetoras, em quem acredito.

Incondicionalmente!

*Professor e Escritor Camocinense 

CAIXA LANÇA CONCURSO COM VAGAS PARA REGIÃO DE CAMOCIM E GRANJA

O novo concurso público da Caixa Econômica Federal tem vagas em quatro cidades do Ceará. 

São oportunidades de nível médio e superior, com salários iniciais de até R$ 14.915.

As inscrições começam na próxima quinta-feira (29) pelo site da Cesgranrio, a banca organizadora do processo seletivo. No momento do cadastro, os candidatos poderão escolher um polo onde desejam trabalhar.

No concurso da Caixa, 6% das oportunidades serão destinadas para pessoas com deficiência e 20% para candidatos negros.

Para a Região de Sobral, são 11 vagas:

Unidades de lotação: Acaraú, Camocim, Canindé, Crateús, Granja, Ipu, Ipueiras, Itapagé, Itapipoca, Marco, Paracuru, Santa Quitéria, São Benedito, Sobral, Tamboril, Tianguá, Trairi.

As inscrições vão até as 16h de 25 de março. A taxa é de R$ 50 para os cargos de nível médio e de R$ 65 para os de nível superior.

Candidatos inscritos no CadÚnico ou doadores de medula óssea podem pedir a isenção do pagamento até o dia 7 de março.

São 4 mil vagas de nível médio, com salário inicial de R$ 3.762. Desse total de oportunidades, 3,2 mil são para início imediato: 1,6 mil para o cargo geral de técnico bancário novo e outras 1,6 mil para a área de TI. As outras 800 são para formação de cadastro de reserva.

As provas serão no dia 26 de maio, e os locais de aplicação também podem ser conferidos na tabela acima. Elas terão questões objetivas de conhecimentos gerais e específicos, além de redação.   


Por Tadeu Nogueira 

DR.YURI CARNEIRO ATENDENDO NA CLÍNICA DR.IVANALDO

O Cirurgião-Dentista Dr.Yuri Carneiro está atendendo na Clínica Odontológica e Multiprofissional Dr.Ivanaldo.

Confira alguns dos procedimentos realizados pelo especialista: Clínica Geral - Estética Gengival - Facetas em Resina - Cirurgia Oral

Faça seu agendamento: (88) 9 9903-7582 (whatsapp)
Siga @clin.dr.ivanaldo.yuri no Instagram
Endereço: Rua Humaitá, 1707, centro

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

CHUVAS DE FEVEREIRO EM CAMOCIM JÁ SUPERAM 1/3 DA MÉDIA PREVISTA PARA 2024

Em Camocim, quando janeiro findou com apenas 13 milímetros, 87% abaixo do esperado para o período, a luz de alerta acendeu. 

Fevereiro, primeiro mês da quadra chuvosa, que vai até maio, não foi diferente, pelo menos nos 12 primeiros dias. 

Daí em diante o tempo fechou de vez, sem trégua para o sol. 

Parecia uma preparação para o dia 20, quando foi registrada a chuva histórica de 190 milímetros, seguida de outra, no dia seguinte, de 66, segundo dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). 

Ou seja, em apenas 48 horas, a média histórica de fevereiro, que é de 195.9 mm, foi dobrada, alcançando um aumento de 105.2%, resultando incríveis 256 milímetros. 

De acordo com a Defesa Civil, apesar da quantidade de chuva em apenas dois dias, nenhum dano relevante foi causado à cidade ou aos moradores. 

Com 413 mm no acumulado do ano, as chuvas em Camocim já superam 1/3 da média prevista para 2024, que é de 1105.6 milímetros. Vale lembrar que Camocim nunca foi muito "chovedor", pois é quase toda margeada pelo oceano atlântico e ventos inconstantes. 

Por Tadeu Nogueira 

PRIMEIRO PORTO DO PIAUÍ PROMETE AMPLIAR ECONOMIA DO ESTADO

Apesar de ter registrado o quarto maior crescimento acumulado do Produto Interno Bruto (PIB), dentre todas as unidades da federação, entre 2002 e 2021, o Piauí registrou uma das mais baixas participações no PIB nacional (0,7%) no mesmo período. 

Parte da explicação pode estar no fato de que o estado é o único banhado pelo Oceano Atlântico que não possui um porto marítimo, tendo que recorrer aos portos de Itaqui (MA) e Pecém (CE) para escoar sua crescente produção agropecuária e de minérios, perdendo arrecadação de impostos para seus vizinhos.

Essa realidade, no entanto, deve mudar, com a inauguração do Porto de Luís Correia, prevista para ocorrer ainda este ano. 

Para que saísse do papel, o empreendimento precisou cumprir alguns requisitos, dentre os quais, o parecer favorável da Marinha do Brasil (MB). Responsável pelas regras de ordenamento do espaço aquaviário brasileiro, a Força Naval acompanha o projeto desde o início, a fim de garantir que sejam atendidas as exigências da legislação e das Normas da Autoridade Marítima correspondentes.

A inauguração da primeira etapa, em dezembro do ano passado, contou com a participação do Navio de Apoio Oceânico (NApOc) “Iguatemi”, que mostrou a capacidade do leito marítimo costeiro de receber embarcações com até nove metros de calado (distância entre o ponto mais baixo do navio, conhecido como quilha, e a linha de superfície da água). 

A dragagem, que até o momento já retirou mais de 600 mil metros cúbicos de areia do leito marinho, continua na segunda fase, para que a região atenda navios ainda maiores, de até 15 metros de calado.

“A ação proativa da Marinha foi imprescindível para viabilizar a construção desse Porto, orientando e mantendo a troca constante de informações com todos os envolvidos. Buscamos nos antecipar aos fatos e permitir a devida adequação do projeto ao ordenamento marítimo”, esclarece o Capitão dos Portos do Piauí, Capitão de Fragata José Eduardo da Silva, acrescentando que estão previstos mais testes no segundo semestre, para verificar a possibilidade da navegação de cabotagem, isto é, para transporte marítimo de cargas.

De olho no futuro

O trabalho da MB, por intermédio da Capitania dos Portos do Piauí (CPPI), não termina com a conclusão do projeto. Pelo contrário, a Força Naval deve ter seus serviços ainda mais demandados. Atualmente, cabe à CPPI fazer cumprir as leis e normas no litoral piauiense e ao longo dos 1.500 quilômetros do rio Parnaíba, que separa Piauí e Maranhão. Com o movimento gerado pelo novo espaço, a capacidade operativa da Capitania precisará ser ampliada e, para isso, o estado pretende construir uma patromoria ― que seria uma extensão da Capitania ― dentro do terminal marítimo.

“A Capitania, hoje, é sediada em Parnaíba, em torno de 20 minutos de Luís Correia, e a patromoria nos permitirá estar mais presentes junto ao Porto, com vistorias e inspeções navais. Poderemos, ainda, atuar na parte de ensino profissional marítimo, que também é de nossa responsabilidade”, prevê o Capitão dos Portos, que vem observando a crescente procura pela formação de aquaviários. Com o decorrer das atividades portuárias, a busca por qualificação deve se intensificar.

O Capitão de Fragata José Eduardo adianta que já há uma parceria com o Governo do Estado para que a Marinha possa utilizar a Escola Técnica do Mar, espaço a ser construído no terminal portuário, para capacitar profissionais do segmento. “A demanda tem sido muito grande no estado para essa formação. Até mesmo porque esse empreendimento traz muito emprego, sejam diretos ou indiretos. Isso faz com que as pessoas queiram se formar, se adaptar, justamente para serem absorvidas por esse mercado de trabalho”, avalia.

Com o início das atividades do terminal pesqueiro no segundo semestre deste ano, já deve ser observado um crescimento no tráfego de grandes embarcações. Além de atuar para promover a segurança da navegação na área – ainda pouco conhecida pelos navegantes, devido às mudanças que sofreu em seu leito marítimo - a Marinha continuará com o acompanhamento técnico das próximas obras. A previsão é de que sejam construídos pelo menos outros três terminais: o de grãos, o de carga geral e o de amônia, produto proveniente do hidrogênio verde.

Por Tadeu Nogueira (Com Agência Marinha de Notícias) 


quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024

O INVERNO DE 1974 EM CAMOCIM

Por Carlos Augusto P. dos Santos 

Dizem os profetas que ano terminado em 4 é ano chovedor. 

Para mim, a imagem mais marcante do alto dos meus 9 anos de idade em 1974 foi o Mercado Público sendo mostrado na televisão, escorado com estacas de carnaúba no seu lado externo. 

Todo dia uma casa caía. Pessoas morreram. Estradas foram cortadas pelas chuvas. Foi decretada calamidade pública. 

Vejamos o relato do pároco da época:

Ano de 1974

"O grande evento digno de menção especial no ano de 1974 foi o rigoroso inverno que abalou todo Estado do Ceará, mormente a nossa Paróquia. Grandes trechos de estradas e rodovias ficaram interrompidas pela inundação das águas vindas de pequenos rios e lagôas, situadas ha pouca distancia. Na cidade ruíram diversas casas de residencia. Uma casa que era situada na Rua 24 de Maio caiu, acarretando efeitos fatais. Morreram duas creanças esmagadas pelos escombros. Foram dias de profunda angústia e tristeza para todos, máxime para a população pobre".

O relato sintético e compungido do Monsenhor Inácio hoje vira documento da história de Camocim.

Com informações do Blog Camocim Pote de Histórias 
Fonte: 3º Livro de Tombo da Paróquia de Bom Jesus dos Navegantes - Camocim. p. 33
Foto: Mercado Público. Década de 1950. Disponível em: nostalgia.blogspot.com