sábado, 11 de abril de 2009

VERBA FEDERAL PARA TRANSPORTE ESCOLAR AUMENTA 8%

O valor per capita repassado pelo Governo Federal para o transporte escolar recebeu um aumento de 8%. O valor mínimo passou de R$ 81,56 para R$ 88,13 e o máximo, de R$ 116,36 para R$ 125,72. Com o aumento e extensão do programa para os estudantes do Ensino Médio e da pré-escola, o orçamento para 2009 cresceu quase 60% em relação ao ano passado, chegando a R$ 478 milhões. Mais de 4,8 milhões de alunos da rede pública de educação básica, que moram em áreas rurais, serão beneficiados este ano com recursos do Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (Pnate), executado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).
No ano passado, o programa atendeu 3,4 milhões de estudantes do Ensino Fundamental. Em 2009, com a Medida Provisória nº 455, foi ampliado para toda a educação básica, passando a contemplar também os alunos do Ensino Médio e da pré-escola.As duas primeiras parcelas do ano serão depositadas nas contas bancárias de Estados e municípios ainda este mês. “Na próxima semana, sai a parcela referente a março e, até o fim do mês, a de abril”, diz José Maria Rodrigues de Souza, coordenador geral do programa.
Outra mudança significativa foi determinada pela resolução é que os Estados terão até o dia 9 de maio para autorizar o FNDE a transferir os recursos dos alunos de suas redes aos municípios onde moram os estudantes. Caso contrário, terão de executar diretamente a verba, ficando impedidos de fazer transferências futuras para as prefeituras. Até o último dia 9 de abril, 13 Estados brasileiros já formalizaram a autorização, entre eles Ceará. Os recursos do Pnate são destinados à manutenção de veículos escolares, a serviços de mecânica, à compra de combustíveis e lubrificantes, ao pagamento de serviços terceirizados, entre outros fins.
Fonte: DN
Postado por Tadeu Nogueira

2 comentários:

Anônimo disse...

Qual será o motivo da não realização da escovação da escola Coronel Libório?Material existe.e agente também.Isso não acontece de fevereiro a abril de 2009.Os alunos precisam disso e estão omitindo.Porque os banheiros ficam de portas fechadas?Os alunos estão fazendo xixi nas calças.E porque o senhor diretor não vê isso?É hora de mostrar ação

Pamela disse...

Anônimo, coisas desse tipo estão acontecendo não só no Coronel Libório, mas em outras escolas do município. O descaso é geral, diretores incompetentes, mas q são apadrinhados por alguém ligado ao Gestor Municipal ou a ele mesmo, então q se dane o resto (o povo).
Qto o aumento da verba p o transporte escolar, aposto com será empregada no aluguel de mais D-20.