. CAMOCIM ONLINE: EM CAMOCIM, MÉTODO BRAILE É IMPLANTADO NA ESCOLA GENERAL CAMPOS
E-mail tadnogueira@hotmail.com
Telefones (88) 99603-4531 (88) 98814-0779
Endereço Rua Zeferino Veras, 301 - Centro Camocim - Ceará - Brasil CEP 62.400-000

segunda-feira, 13 de junho de 2011

EM CAMOCIM, MÉTODO BRAILE É IMPLANTADO NA ESCOLA GENERAL CAMPOS


Com o intuito de promover a interação entre alunos com deficiência visual e professores, e demais alunos que possuem visão normal, através da escrita, prevenindo possíveis formas de discriminação, a Escola de Ensino Fundamental, General Campos, em Camocim,  está implantando o método Braile na instituição. Voltado para turmas dos anos finais do ensino fundamental, através do Projeto "Mãos que Brilham na Escuridão", alunos do 6º ano participaram de uma aula dinâmica, no último dia 06 de Junho, buscando compreender o Alfabeto Braille, através de material didático e atividades lúdicas. Segundo a Diretora,  Aldacy do Nascimento, a implantação do Projeto  é de importante relevância para a escola que possui alunos com deficiência visual. “O projeto é pioneiro no município”, explica. Os professores da EEF Gal. Campos estão sendo capacitados para a inclusão escolar através do Projeto Eu Faço a Diferença, também de iniciativa da escola. A proposta é promover formação continuada com foco na inclusão de aprendizes com dificuldades educacionais especiais nas salas regulares de ensino. 
Lá vou eu: O blog parabeniza a direção da escola pela adoção do método Braile. Aldacy está propondo, a cada dia, propostas ousadas para a Escola General Campos, quase que ensaiando um voo da Fênix daquela que já foi considerada um dia, uma das melhores escolas desse país. 
Postado por Tadeu Nogueira às 15:34h
Com informações da Jornalista Ludovica Duarte
Foto: Francilúcio Oliveira

3 comentários:

Samya Bezerra disse...

Eu estou muito Feliz com essa material...Deus é muito Bom!!!

Carlos Augusto P. Santos disse...

Parabéns ao pessoal docente e discente do Gal. Campos. Foi aí minha primeira e decisiva experiência para me tornar um professor. Na época, tive a petulância de criar uma disciplina de Ecologia, já retratada nesse blog. Depois a moeda virou de lado e antes que algum aspone me mandasse "pegar o beco", fui à Prefeitura pedir demissão. A cara de gozo do sujeito até hoje retenho na retina. Vida que segue, e o General continua dando bons frutos. Parabéns!!!!

Juciana disse...

Tive o prazer de passar uns meses trabalhando lá no General Campos, e conheço o desempenho das professoras ( Edna e Janiele), que trabalham diretamente com os alunos que tem um pouco de dificuldade de aprendizagem.
Parabéns a todos que fazem a Escola.
Juciana