. CAMOCIM ONLINE: COMBATE AO AEDES AEGYPTI EM CAMOCIM TERÁ REFORÇO DAS FORÇAS ARMADAS
E-mail tadnogueira@hotmail.com
Telefones (88) 99603-4531 (88) 98814-0779
Endereço Rua Zeferino Veras, 301 - Centro Camocim - Ceará - Brasil CEP 62.400-000

sábado, 13 de fevereiro de 2016

COMBATE AO AEDES AEGYPTI EM CAMOCIM TERÁ REFORÇO DAS FORÇAS ARMADAS

Com 280 casos de dengue confirmados em 39 municípios em 2016, o Ceará participa neste sábado (13) do dia D de mobilização "Todos Contra o Mosquito", quando cerca de três mil homens das Forças Armadas vão às ruas para tentar eliminar o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e febre chikungunya.
De acordo com boletim epidemiológico divulgado nesta sexta-feira (12), pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesa), do total de casos confirmados este ano, quatro casos da forma grave de dengue foram confirmados. Permanecem em investigação três casos de dengue grave que evoluíram para óbito, ocorridos nos municípios do Crato, Fortim e Maracanaú. 
Durante o dia de campanha, neste sábado (13), serão distribuídos 3 milhões de materiais informativos, com explicação das medidas de prevenção, além de orientações aos moradores sobre a importância do envolvimento de todos nessas ações. No Ceará, 17 municípios receberão a visita dos militares, mas a mobilização deve se estender por todos os 184 municípios: Acaraú, Aracati, Baturité, Camocim, Crateús, Crato, Fortaleza, Iguatu, Itapipoca, Juazeiro do Norte, Limoeiro do Norte, Maranguape, Quixadá, Russas, Sobral, Tamboril e Tianguá.
Em 2015, o Ceará registrou 63 mil casos prováveis de dengue em 174 dos 184 municípios do Estado, segundo o Ministério da Saúde; é o maior já registrado no Estado deste que a Secretaria de Saúde do Ceará começou a monitorar a doença, em 1986. Transmissor da dengue, o mosquito Aedes aegypti também é responsável pela transmissão de outras doenças graves, como a febre chikungunya, o zika vírus, a febre amarela. A mãe infectada com zika vírus durante a gravidez pode causar também microcefalia no bebê. 
Postado por Tadeu Nogueira às 08:10h
Com informações do G1CE

0 comentários: