. CAMOCIM ONLINE: NOVA EMPRESA SURGE PARA CONCLUIR REFORMA DO INSS EM CAMOCIM
E-mail tadnogueira@hotmail.com
Telefones (88) 99603-4531 (88) 98814-0779
Endereço Rua Zeferino Veras, 301 - Centro Camocim - Ceará - Brasil CEP 62.400-000

terça-feira, 29 de março de 2016

NOVA EMPRESA SURGE PARA CONCLUIR REFORMA DO INSS EM CAMOCIM

OBRA ESTÁ 
ABANDONADA  HÁ 4 ANOS 
A reforma da Agência do INSS, em Camocim, acabou virando mais um exemplo de desperdício de dinheiro público. 
Orçada em R$ 1.806.370,42, a obra iniciada em 12 de março de 2012 pela Construtora Montserrat Engenharia e Empreendimentos, deveria ter sido concluída no dia 10 de julho do mesmo ano. Só que isso nunca aconteceu. 
Ainda em 2012, a Montserrat, alegando falência, abandonou a obra, deixando várias dívidas trabalhistas. Dois anos depois, em 2014, após os prazos previstos em lei, a mesma empresa, utilizando outro nome, retomou a construção. Por fim, devido ao não cumprimento de prazos e não conclusão da obra, o contrato foi rescindido.  
Somente em janeiro de 2016, foi anunciado um novo processo de licitação visando a continuidade da reforma. Enquanto isso, desde o início da obra não concluída, a Agência do INSS passou a funcionar numa espécie de "puxadinho", em um antigo galpão no prédio da Estação Ferroviária. 
Nesta terça-feira (29), o Instituto Nacional do Seguro Social anunciou a empresa vencedora de mais uma licitação visando a conclusão da encantada obra. Trata-se agora da JCM Construtora e Comércio LTDA. A previsão dessa vez é que Camocim receba a obra até novembro deste ano. O valor da reforma, pra variar em situações desse tipo, sofreu um aumento de R$ 963.301,82. Ou seja, o que era para ter custado menos de 2 milhões, passará a custar quase 3 milhões, isso se a JCM chegar ao fim do serviço. 
Postado por Tadeu Nogueira às 14:07h
Foto: Tadeu Nogueira 

3 comentários:

inacio alves disse...

Prezado,quando será o início da obra??

Camocim Online disse...

Ao anunciar a empresa, a obra pode começar até no dia seguinte, portanto, já está contando tempo.

Tadeu Nogueira

Cassiano disse...

Por que somos tão passivos com essas coisas. Quatro anos de obra parada, e simplesmente não fazemos nada. E o matadouro, e a UPA, e as melhorias na beira-mar, e o asfalto????