. CAMOCIM ONLINE: CLIENTE DESABAFA APÓS ESPERAR 5 HORAS POR ATENDIMENTO NO BB DE CAMOCIM
E-mail tadnogueira@hotmail.com
Telefones (88) 99603-4531 (88) 98814-0779
Endereço Rua Zeferino Veras, 301 - Centro Camocim - Ceará - Brasil CEP 62.400-000

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

CLIENTE DESABAFA APÓS ESPERAR 5 HORAS POR ATENDIMENTO NO BB DE CAMOCIM

Vem do leitor do blog e cliente do Banco do Brasil, João Nascimento, um desabafo que é praticamente coletivo. Vai ser difícil alguém não ter vivenciado a mesma experiência em Camocim. Segue o texto: 
"É triste constatar a falta de respeito e o descaso com a população desse País. Na segunda-feira (10) precisei ir à agência do Banco do Brasil de Camocim, minha cidade, para fazer um serviço administrativo. Cheguei às 08:00h da manhã para pegar uma senha. Só consegui adentrar à agência às 10:08h. 
Depois de passar mais 3 horas esperando consegui ser chamado para o atendimento às 13:00h, saindo às 13:15h, permanecendo assim,  5 horas e 15 minutos para que o meu problema fosse resolvido. 
O que fico a imaginar é o desrespeito com os mais idosos, pois tinha senhores e senhoras da terceira idade com problemas de saúde, passando pela mesma situação, em pé, sem organização, sofrendo com o descaso. Os funcionários só aparecem para distribuir a senha justamente na hora em que a agência abre as portas, ou seja, às 10:00h da manhã. 
Onde está o direito e o respeito aos cidadãos? É maravilhoso fazer greve, ficar um mês de férias sem trabalhar e recebendo os proventos, reivindicando os direitos que não são poucos, mas na hora de fazer valer os direitos dos cidadãos com um mínimo de respeito e dignidade, os premiados grevistas não dão o devido respeito. É uma verdadeira bagunça. Fica aqui registrada a minha indignação". 
Lá vou eu: Mesmo com as dezenas de matérias já publicadas no Camocim Online sobre deficiente atendimento bancário existente em Camocim, durante 8 anos de existência do blog, não temos informação de nenhuma providência que tenha sido tomada pelos órgãos competentes, entre eles, o Ministério Público. Lembrando que, segundo uma lei estadual, o atendimento não pode exceder os 15 minutos. Sendo assim, o cliente pode acionar o banco na justiça em busca de indenização por danos morais.    
Postado por Tadeu Nogueira às 10:25h

5 comentários:

Cassiano disse...

Desrespeito grande com o cliente. Deserviço prestado também pelos demais bancos. Cadê algum órgão pró cidadão para cobrar melhoria no atendimento??

Estamos Conectados disse...

empata com o Bradesco.

Daniel Arrais disse...

1. fazer greve não é maravilhoso, não é férias, não é ficar "sem trabalhar recebendo proventos" (os dias parados tem que ser todos pagos ).

2. se um pos greve é ruim pro cliente... é ruim também pro trabalhador que tem que ficar trabalhando de graça ate 5 horas a mais do seu ponto pra poder atender a todos os clientes.

3. um dos temas mais discutidos no período de negociação, que inclui o período de greve, é justamente MAIS CONTRATAÇÕES para justamente podermos dar um atendimento de qualidade e digno.

4. todos tem o direito de reclamar e buscar seus direitos. mas é bom reclamar no lugar certo e nas pessoas que podem e devem fazer alguma coisa (ministério publico, órgão reguladores etc). o coitado do bancário não vai poder fazer nada além do que ele já esta fazendo.

5. apoiar a greve, quando ela ocorrer em vez de criticar pode ser, por incrível que pareça, a melhor solução, pois um movimento forte trará um resultado em beneficio da sociedade como um todo.

Daniel Arrais disse...

1. fazer greve não é maravilhoso, não é férias, não é ficar "sem trabalhar recebendo proventos" (os dias parados tem que ser todos pagos ).

2. se um pos greve é ruim pro cliente... é ruim também pro trabalhador que tem que ficar trabalhando de graça ate 5 horas a mais do seu ponto pra poder atender a todos os clientes.

3. um dos temas mais discutidos no período de negociação, que inclui o período de greve, é justamente MAIS CONTRATAÇÕES para justamente podermos dar um atendimento de qualidade e digno.

4. todos tem o direito de reclamar e buscar seus direitos. mas é bom reclamar no lugar certo e nas pessoas que podem e devem fazer alguma coisa (ministério publico, órgão reguladores etc). o coitado do bancário não vai poder fazer nada além do que ele já esta fazendo.

5. apoiar a greve, quando ela ocorrer em vez de criticar pode ser, por incrível que pareça, a melhor solução, pois um movimento forte trará um resultado em beneficio da sociedade como um todo.

Paulo disse...

Caro Daniel, deixemos de hipocrisia barata. Não tente camuflar os fatos. De coitados os bancários não tem nada, são péssimos profissionais em todos os sentidos. Deveriam sobretudo, ter aulas de cidadania e tratamento com pessoas. Não fazem jus ao salário que recebem.