. CAMOCIM ONLINE: ETERNAMENTE CAPITÃO
E-mail tadnogueira@hotmail.com
Telefones (88) 99603-4531 (88) 98814-0779
Endereço Rua Zeferino Veras, 301 - Centro Camocim - Ceará - Brasil CEP 62.400-000

terça-feira, 25 de outubro de 2016

ETERNAMENTE CAPITÃO

Morreu nesta terça-feira, aos 72 anos, o capitão do tricampeonato da seleção brasileira na Copa do Mundo de 1970 Carlos Alberto Torres. O ex-jogador sofreu um infarto e faleceu em casa.
Maior lateral-direito da história do Brasil, Carlos Alberto Torres era carioca. Começou a carreira no Fluminense na década de 60, onde conquistou um título carioca em 1964.
Em 1965, Torres foi para o Santos, onde jogou ao lado do maior jogador da história do futebol, Pelé. Ficou dez anos na equipe paulista, onde conquistou os títulos nacionais de 1965 e 1968, quatro títulos paulistas (1967, 1968, 1969 e 1973) e a Recopa Sul-Americana de 1968. Pelo Santos, foram 445 e 40 gols. Após a passagem pelo Santos e um rápido período no Botafogo, voltou ao Fluminense, onde fez parte de outro grande time da história do futebol brasileiro, a Máquina Tricolor montada pelo presidente Francisco Horta bicampeã carioca de 1975 e 1976. Em 1977, defendeu o Flamengo antes de seguir para os Estados Unidos para jogar pelo New York Cosmos.
Lá vou eu: Carlos Alberto tinha todos os requisitos de um líder, no caso de sua profissão, de um capitão, tanto que sempre foi e será tratado como tal. Que Deus o tenha. 
Postado por Tadeu Nogueira às 18:00h
Com informações de O Globo

0 comentários: