. CAMOCIM ONLINE: INVADIDA POR LAMA, COMUNIDADE DE GRANJA PEDE SOCORRO
E-mail tadnogueira@hotmail.com
Telefones (88) 99603-4531 (88) 98814-0779
Endereço Rua Zeferino Veras, 301 - Centro Camocim - Ceará - Brasil CEP 62.400-000

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

INVADIDA POR LAMA, COMUNIDADE DE GRANJA PEDE SOCORRO

Com milhares de pessoas vivendo abaixo da linha de pobreza, o município de Granja expõe suas principais mazelas durante o inverno, quando a falta de infraestrutura de vários bairros, literalmente, vem à tona. 
Sem calçamento, saneamento e pontos de escoamento das águas oriundas das chuvas do período invernoso, comunidades como Boca do Acre (foto) e Alto da Brasília, localizadas no Bairro São Pedro, na zona urbana da cidade, a poucos metros da Avenida Beira-Rio, local dos eventos patrocinados pela Prefeitura Municipal, sofrem a cada sereno. Com várias casas ainda de taipa, sem banheiros, dejetos de animais e humanos, que levam risco à saúde da população, acabam chegando ao Rio Coreaú. 
"Eu Gostaria que mostrassem minha cidade como ela é realmente, de uma forma geral, e não apenas essa escolhida pela administração para servir de propaganda", disse um morador. Segundo o Pastor Aritan, autor da foto que ilustra essa matéria, onde aparece uma criança, na comunidade de Boca do Acre, vestida com a farda de uma escola do município, tentando atravessar a lama de uma das várias ruas atingidas a cada chuva, tudo que os moradores querem é uma solução por parte da administração. Ainda segundo informações obtidas pelo blog, a situação piora a cada ano. 
Postado por Tadeu Nogueira às 09:36h   
Com informações adicionais do Granja Ceará 

3 comentários:

leonardo feijo disse...

E a população aplaudindo a gestante dá cidade, por seu feitos para o carnaval...

mamadoechapado disse...

Enquanto isso o demagogo do Romeu e sua prefeita medíocre brincando de fazer carnaval com o dinheiro do povo , contratando um cartorzinho medíocre, Luan Santana que é a maior mentira.

Junior santana disse...

Na realidade e que a verdadeira granja e outra são ruas sem saneamento salários atrazados superfaturamento em obras mais como eles falam sabem fazer marketing mais tem gente que basta fazer um carnaval que esquece tudo