segunda-feira, 24 de abril de 2017

SEM PLACAS E GUARDA-VIDAS, BARRAGEM DE GRANJA REGISTRA MAIS UMA MORTE

Por volta das 14:00h deste domingo (23), João Batista Azevedo, de 36 anos, eletricista, morador de Guaraciaba do Norte, morreu afogado na Barragem Lima Brandão, em Granja. 
Segundo informações de populares, a vítima, que presta serviço a uma empresa de Granja, surpreendido pela força da correnteza, que o arrastou em direção à ponte que fica no local. Ele ainda teria nadado tranquilamente por cerca de 200 metros, quando emergiu de vez. Pessoas que presenciaram o caso acreditam que o mesmo teria sentido câimbras. Foi o segundo caso registrado em menos de 2 meses.  Em 4 de Março, o adolescente Thiago Isaac morreu após pular da ponte metálica. 
Sobre a Barragem Lima Brandão, apesar de ser o único local de lazer público da zona urbana do município, mesmo ocupando uma pequena área, não há placas alertando sobre os perigos de nadar em área de correnteza. Além disso, nunca contou com a presença de Guarda-Vidas, mesmo já tendo sido oferecido esse serviço à Prefeitura Municipal em 2013. "Na cidade há pessoas aptas para a missão, habilitadas em cursos realizados em Camocim, mas nunca houve interesse na contratação", disse um profissional da área.  O corpo de João Batista foi encontrado cerca de 3 horas depois. 
Postado por Tadeu Nogueira às 09:17h 
Com informações adicionais do A Voz do Granjense 

5 comentários:

Estude e trabalhe disse...

Tadeu Nogueira, faça um apelo também para autoridades de quem for alçada para concertar entrada da cidade de camocim que de forma direta ou indiretamente contribui para um acidente Nesse final de semana que culminou em uma morte infelizmente, .

Ermildo Silva disse...

Tadeu só corrigindo ele tinha 36 anos e ele morava em Guaraciaba do norte.

O moço Direito disse...

Cadê o ze mentira que só ver os problemas de camocim pois quantos os de granja ele não falar .(robeu arruda)

Meirynha Santos disse...

Meu Deus mas um . A prefeitura de Granja tem que trazer Guarda-vidas ou bombeiros pra nossa ponte. Bora acorda neh Amanda e Romeu vamos fazer algo. por que desse jeito que vai a Granja vai ser conhecida por afogamento e n pela Granja melhor pra todos

Maximus disse...

Essa ponte do Rio de Granja é muito bela e muito perigosa, não tem guarda corpo nos lados e o pior pessoas dividem o pouco espaço com carros e motos em cima da ponte, eu próprio passando de carro pela ponte testemunhei um ciclista quase cair, imagina as pessoas, fica a dica para o ex-prefeito de Granja, que gosta de falar muito o que fez, de fazer uma proteção na ponte para os pedestres.