sexta-feira, 19 de maio de 2017

DELATOR DA JBS RELATA PROPINA PARA CID (R$ 20 MILHÕES) E EUNÍCIO (R$ 5 MILHÕES)

A delação premiada do empresário Wesley Batista, um dos sócios da JBS, aponta os cearenses Cid Gomes (PDT), ex-ministro da educação, e Eunício Oliveira (PMDB), presidente do Congresso Nacional, como beneficiários de propina.
No caso do ex-governador do Ceará, o delator afirma que ele teria recebido R$ 20 milhões em troca de liberação de créditos de ICMS. Já o senador Eunício foi acusado por Ricardo Saud, um dos executivos da companhia, de ter recebido a quantia de R$ 5 milhões pela atuação em uma Medida Provisória que disciplinava créditos de PIS/Cofins. As informações são do O Globo. 
Em nota, Cid negou ter recebido recursos da JBS. “Repudio referências em delação que atribuem a mim o recebimento de dinheiro. Nunca recebi um centavo da JBS. Todo o meu patrimônio, depois de 34 anos trabalhando, é de 782 mil reais (IRPF2016), tendo sido duas vezes deputado, duas vezes prefeito e duas vezes governador”, disse. 
Postado por Tadeu Nogueira às 17:45h
Com informações do Blog de Política O Povo 

Nenhum comentário: