quinta-feira, 18 de maio de 2017

TEMER DIZ QUE NÃO RENUNCIA E PEDE RÁPIDA INVESTIGAÇÃO DO CASO

Em pronunciamento oficial, o presidente Michel Temer (PMDB) afirmou na tarde desta quinta-feira (18) que não vai renunciar ao cargo em razão da delação premiada de executivos da JBS, que veio à tona na noite de ontem e foi homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). 
Não renunciarei. Repito, não renunciarei! Sei o que fiz e sei da correção dos meus atos. Exijo investigação plena e muito rápida, para os esclarecimentos ao povo brasileiro”, disse Temer, procurando demonstrar firmeza e segurança num momento em que crescem as especulações de que ele vai entregar o posto. 
Postado por Tadeu Nogueira às 20:15h

Nenhum comentário: