. CAMOCIM ONLINE: BLOG CAMOCIM ONLINE - EDITORIAL
E-mail tadnogueira@hotmail.com
Telefones (88) 99603-4531 (88) 98814-0779
Endereço Rua Zeferino Veras, 301 - Centro Camocim - Ceará - Brasil CEP 62.400-000

quarta-feira, 7 de junho de 2017

BLOG CAMOCIM ONLINE - EDITORIAL

Em grande parte das redações, é recomendado aos jornalistas que evitem ao máximo a divulgação de suicídios. A justificativa para esse procedimento se baseia na hipótese de que qualquer notícia sobre o assunto pode vir a ser o estopim de uma série de outros atos semelhantes. Entre as normas editoriais do grupo RBS (Rede Brasil Sul de Comunicações), por exemplo, consta o seguinte tópico: "As notícias sobre suicídios – a não ser em casos excepcionais – não devem ser divulgadas ou destacadas. 
O manual de Rádio e Televisão do Sistema Globo (principal grupo de mídia do Brasil) também faz referência ao tema: "Em princípio, não se deve divulgar casos ou tentativas de suicídio. Qualquer possibilidade de exceção deve ser cuidadosamente avaliada pela direção de jornalismo da emissora". 
O Camocim Online concorda com as linhas adotadas pelos Grupos RBS e Globo. Essa postura já vem sendo aplicada por nós desde dezembro de 2016. Quem acompanha o blog deve ter notado. Hoje decidimos torná-la pública. Entendemos que o tema deve sim ser abordado, mas de forma didática, esclarecedora, sem sensacionalismo, como suporte para todos que estejam enfrentando transtornos que possam resultar na decisão extrema de tirar a própria vida. Para isso, periodicamente, publicamos matérias relacionadas ao assunto, sempre levando em conta o posicionamento de profissionais da área, como Psiquiatras e Psicólogos. 
Tadeu Nogueira 
(Editor-Chefe do Blog Camocim Online)

2 comentários:

Wro Oliveira disse...

Penso de forma similar a sua, porém a conduta de outro blogueiro causa é nojo da forma que o mesmo utiliza a matéria para atacar o poder público municipal, como se esse problema partisse a princípio de Camocim sendo que, este é um problema Mundial.

Gabriel Yegor disse...

Discordo plenamente dessa linha de raciocínio, pois se assim fosse teríamos que aplicá-la a todos os tipos de informações, nem que seja em diferentes níveis. Dessa forma, ficaríamos desinformados, o que em tempos atuais é inaplicável. Minha análise.