quarta-feira, 9 de agosto de 2017

CAMOCIM É O QUARTO MAIOR EXPORTADOR DE CALÇADOS DO PAÍS

O ceará detém 25% do total das exportações de calçados do país, atrás apenas do Rio Grande do Sul, com fatia de 46,6% do total. 
Os dados, publicados na edição desta quarta-feira (09) do Diário do Nordeste, constam da recente Análise do Comércio Exterior de Calçados: Brasil e Ceará (2001 a 2016), divulgado pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), elaborado com base nos dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic). 
De acordo com o Ipece, o município de Sobral exportou, em 2016, US$ 150.362.932. Sapiranga (RS) surge em seguida com com US$ 100.566.742. Apesar da liderança de Sobral, o valor de 2016 representa uma queda de 3,5% em relação ao total de 2011, quando o município cearense exportou US$ 155.759.815. 
Uruburetama, terceiro colocado, exportou US$ 79.422.217. Camocim aparece na quarta colocação, com US$ 12.778.438, à frente de Horizonte (US$ 12.162.196), Quixeramobim (US$ 7.838.215) e Itapipoca (US$ 7.570.697). 
Visando o crescimento do setor em Camocim, a Prefeita Monica Aguiar criou recentemente uma lei que estabelece a criação e implantação de curso profissionalizante de produção de calçados. Com a lei, já aprovada pela Câmara Municipal, fica assegurada a parceria entre a Prefeitura Municipal e a Fábrica Democrata Calçados, cuja unidade fabril emprega cerca de 800 pessoas. O curso propiciará a preparação de mais camocinenses para o mercado de trabalho. Durante a capacitação, os alunos receberão uma bolsa de incentivo. Camocim é a única cidade do extremo litoral oeste com fábrica. A Democrata Calçadas foi implantada no município em 1997, pelo então Prefeito Sérgio Aguiar. 
Postado por Tadeu Nogueira às 07:55h
Com informações adicionais do DN

Nenhum comentário: