sexta-feira, 1 de setembro de 2017

TIRANDO "FINA"

O maior asteroide a se aproximar da Terra em mais de um século passará a uma distância de sete milhões de quilômetros do nosso planeta nesta sexta-feira, afirma a Nasa. A distância é considerada próxima, em termos cósmicos, mas não o suficiente para oferecer qualquer risco. Este asteroide, que possui um diâmetro de 4,4 quilômetros e é conhecido pelo apelido Florence, foi descoberto em março de 1981.
“É o maior objeto celeste a passar tão perto do nosso planeta desde a descoberta do primeiro asteroide nas proximidades da Terra, há mais de um século”, afirmou a agência espacial americana, em comunicado. “Embora muitos asteroides conhecidos tenham cruzado a Terra a uma distância mais curta do que fará Florence na sexta-feira, todos eram menores”, disse Paul Chodas, responsável do Centro para o Estudo de Objetos Próximos à Terra, que pertence à Nasa.
Lá vou eu: Já comecei o dia olhando pra "riba". Vai que esbarro com o bicho. 
Postado por Tadeu Nogueira às 09:35h
Com informações da Veja 

Um comentário:

luiz disse...

7 milhoes de klms----------------- e isso para os astronomos é 1a coisinha de nada ............................agora , imagine se esse asteroide fosse passar a 360 klms da terra (a distancia entre camocim e fortaleza) e ai o que eles iriam dizer? pra quem nao sabe , a terra ja foi distruida 5 vezes............ e 1a dessas vezes ela foi distruida por 1 asteroides desses............. mas isso ja faz milhoes de anos .............