sábado, 20 de janeiro de 2018

SEM MÉDICO, MULHER MORRE APÓS DAR À LUZ NO HOSPITAL DE GRANJA

Era para ser uma ocasião feliz para a família de Andreia Sousa, 38 anos. Ela, que desejava ser mãe há mais de 20 anos, segundo publicações em seu perfil no Facebook, morreu horas depois de dar à luz por meio de parto cesárea no Hospital Municipal de Granja. 
O fato, "abafado" pela direção da instituição, ocorreu na noite de quinta-feira (18). A criança, uma menina, chamada Sophia, passa bem. 
Andreia Sousa era natural de Camocim, onde residia. Segundo informações do Blog Acontece, Andreia passou mal após o parto, porém, não havia médico plantonista no hospital. 
Nem a Direção do Hospital, muito menos Secretaria de Saúde do Município de Granja, se posicionaram até o momento sobre o caso. Nenhum laudo foi apresentado. 
Postado por Tadeu Nogueira às 10:48h
Com informações do Blog Acontece 

2 comentários:

Gabriel Yegor disse...

Pq não veio ter a criança em Camocim?

alberto t disse...

Tadeu, seria bom vc procurar saber mais informações a respeito desse caso, a jovem sra morava na Rua São Paulo Rodagem do lago, tem gente falando q a maldita tal política foi a maior causa, pq ruim aqui em Camocim, como será lá pelas bandas de Granja q acho q nem prefeito existe, sei não em.