sábado, 24 de fevereiro de 2018

CAMOCIM: HOMEM É EXECUTADO E ASSASSINO É MORTO DURANTE A FUGA

A violência deixou o saldo de duas mortes na noite desta sexta-feira (23) no Bairro Jardim das Oliveiras, em Camocim. Por volta das 21:00h, Geymison dos Santos Pinho, vulgo "Bodão", 19 anos, invadiu a residência de Raimundo da Cunha Paulo, de 46 anos. Ele executou Raimundo com vários tiros na cabeça, na frente de sua família. A vítima, que era desafeto de "Bodão", não tinha passagem pela polícia. Já "Bodão", segundo a polícia, era homicida. 
Após cometar o crime, "Bodão" montou na garupa de uma moto de seu comparsa e quando tentava fugir, foi atingido por um disparo efetuado por uma pessoa ainda não identificada. "Bodão" chegou a ser atendido no hospital de Camocim e de lá foi transferido para a Santa Casa de Sobral, porém, morreu antes de chegar em Granja. 
De acordo com a polícia, "Bodão" praticou um homicídio quando ainda era menor e era suspeito de alguns outros e também de lesões corporais a bala, tudo em Camocim.
A polícia trabalha com a hipótese de rixa entre famílias, visto que em janeiro de 2014 o lutador conhecido como Bartolomeu da Cunha Paulo, o "Bartô" (irmão de Raimundo) foi morto a bala também no bairro Jardim das Oliveiras. 
Em fevereiro do mesmo ano os irmãos do "Bodão" (Cabeludo e Pinguim) foram presos sob a acusação do homicídio de Bartô. Informações policiais dão conta que Raimundo vivia prometendo vingar a morte do irmão. Por outro lado, "Bodão" jurava matar Raimundo. Ontem os dois acabaram morrendo no mesmo dia. Com essas duas mortes, Camocim chega ao seu quinto homicídio em 2018. 
Postado por Tadeu Nogueira às 09:57
Com informações do Camocim Polícia 24h

Nenhum comentário: