segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

PREFEITO DE URUOCA OFERECE PRÉDIO PARA BB VOLTAR A FUNCIONAR

No assalto ocorrido na madrugada da última sexta-feira (02), na cidade de Uruoca, a quantidade de explosivos utilizada para explodir a agência do Banco do Brasil parece ter "passado da conta". 
É que o parte do teto acabou caindo sobre o cofre, impedindo assim a retirada do dinheiro. Isso acabou levando a quadrilha a tentar a agência do Bradesco. Dessa vez tiveram sucesso e acabaram levando uma soma ainda não informada. Antes da ação, segundo moradores, os bandidos fizeram ameaças e atiraram contra a delegacia e prefeitura. 
Ninguém se feriu, até porque, como ocorreu na madrugada, não teve um cristão com coragem para colocar o pé na calçada diante de tantos tiros. Segundo um morador, todo mundo, de uma só vez, se atracou com Deus. Pelo menos oito homens armados participaram do assalto. 
Após o terror vivenciado, a cidade tenta voltar aos poucos à rotina, embora não seja muito fácil, já que em relação aos serviços bancários, a população foi a grande prejudicada. Sem ter mais agências bancárias, quem precisa sacar, pagar ou depositar, tem que se deslocar agora até Granja (29km), Massapê (50km) ou Sobral (73km). 
Para tentar minimizar o sofrimento dos moradores, o Prefeito Kilsem Aquino colocou à disposição do Banco do Brasil, até que a agência seja reformada, um dos prédios do município. Com isso seria agilizada a volta dos serviços bancários da instituição que, entre outras coisas, é responsável pelo pagamento dos servidores municipais. A Superintendência do Banco do Brasil teria ficado de analisar a oferta. 
Postado por Tadeu Nogueira às 11:32h

Nenhum comentário: