sexta-feira, 16 de março de 2018

ABERTURA DO COMÉRCIO NO DIA DE SÃO JOSÉ CAUSA POLÊMICA EM CAMOCIM

Por decisão da Câmara de Dirigentes Lojistas de Camocim, o comércio funcionará normalmente na próxima segunda-feira (19), Dia de São José, padroeiro do estado do Ceará. A determinação vem causando polêmica nas redes sociais. 
"A tentativa de tirar os feriados católicos por parte dessa Câmara de Dirigentes já faz tempo. Sugiro que os senhores façam o mesmo com a Sexta da Paixão. Podem querer tirar os feriados católicos, porém, jamais tirarão a fé do povo reconhecidamente católico. Minha tristeza e repúdio. Estão lutando para acabar o Dia de São Pedro. Quando isso acontecer, a cobra vai fumar", publicou o Padre Evaldo Carneiro no Facebook, como resposta ao que postou Adauto Camelo (2º Vice-Presidente da CDL), que disse: "Chega de tanto feriado. Quando acabar o povo quer sair. Só sai minha gente, só se for com muito trabalho e não atrapalhos (sic)". 
Já em relação ao funcionamento das repartições públicas, o Governador Camilo decretou ponto facultativo na referida data. O mesmo foi feito pela Prefeita Monica Aguiar.   
O Dia de São José vem sendo bastante esperado pelo setor hoteleiro, já que este ano ele emenda com o sábado e domingo. 
Além disso, para os católicos, caso neste dia chova, é sinal de que o ano será de bom inverno, garantindo a safra e a mesa farta. Nas demais cidades que têm São José como padroeiro, caso haja lei municipal, nada funcionará na segunda-feira (19). 
Postado por Tadeu Nogueira às 08:59h

3 comentários:

Anônimo disse...

O cara fala em muito trabalho, os funcionários deles podem trabalhar o ano inteiro ininterrupto que vão ganhar sempre a mesma coisa. Onde já se viu empregado ser bem sucedido, só é mais dinheiro nos bolsos dos "grandes". Deem a César o que é de César.

Eliza Santana disse...

Falta de respeito com trabalhadores qui precisa doferiado pra descansar.

Carlos Augusto Trévia disse...

Não estou entrando na discussão dos feriados em Camocim, mas que no Brasil há muitos feriados, é uma realidade. Por favor, Tadeu, faça um levantamento dos feriados em outros países.