quinta-feira, 15 de março de 2018

CONSÓRCIO ATRASA FÉRIAS DE SERVIDORES DA UPA DE CAMOCIM

O Consórcio Público de Saúde, presidido pelo Prefeito de Martinópole, Júnior Fontenele, além de continuar em débito com praticamente todos os fornecedores, estaria devendo até dois meses de férias a 10 funcionários da UPA de Camocim. 
Afundado em dívidas, incluindo várias trabalhistas, o Consórcio Público de Saúde, formado por Camocim, Chaval, Barroquinha, Granja e Martinópole, vive seu pior momento de gestão. 
Nos próximos dias, pela terceira vez, caso não cumpra acordo feito com a empresa, o Ceo Regional, Policlínica e as Upas de Camocim e Granja, ficarão novamente sem vigilância armada. A dívida, nesse caso, já chega a quase R$ 200 mil reais.  
Postado por Tadeu Nogueira às 11:39h

Um comentário:

mamadoechapado disse...

Cadê o dinheiro que todos os meses entram nas contas da entidade?