sexta-feira, 16 de março de 2018

CRIME DE 2015: POLÍCIA PRENDE EM JERI IRMÃOS POR MORTE DE ITALIANO EM TATAJUBA

Uma ação realizada nesta sexta-feira (16), pela Polícia Civil do Estado do Ceará, resultou nas prisões de um homem e de uma mulher na vila de Jericoacoara. Os irmãos Otaciano Esmerino Cassiano (32) e Tália Geulia Esmerino Cassiano (20) são suspeitos de envolvimento em um homicídio ocorrido em novembro de 2015, na praia de Tatajuba, em Camocim. Na ocasião, foram mortos a tiros o empresário italiano Renato Valentim e um homem identificado como José Edson de Albuquerque.
As investigações acerca do crime foram comandadas pelo delegado Herbert Ponte e Silva, titular da Delegacia Regional de Camocim. Na manhã de hoje, equipes da delegacia, com o apoio de policiais da Delegacia Municipal de Jijoca de Jericoacoara, cumpriram os mandados de prisão preventiva e busca e apreensão referente ao duplo homicídio e prenderam o casal de irmãos.
Otaciano e Tália foram detidos em uma área central de Jericoacoara. Os dois são apontados ainda como responsáveis por traficar drogas na localidade. Com eles, foi apreendida uma pequena quantidade de haxixe. Os irmãos foram encaminhados para a regional de Camocim, onde ainda foram autuados em flagrante por tráfico de drogas. A Polícia Civil trabalha agora com o objetivo de localizar e prender o terceiro envolvido nas mortes de Renato Valentim e José Edson. 
O empresário italiano Renato Valentim e José Edson de Albuquerque foram mortos a tiros, na manhã do dia 19 de novembro de 2015. Os corpos das vítimas foram encontrados em uma caminhonete, na Praia da Tatajuba. O veículo foi localizado em uma trilha utilizada por bugueiros. 
Segundo os levantamentos policiais, José Edson era o alvo dos criminosos. Ele tinha um serviço de frete e era apontado como fornecedor de drogas na região. Edson vendeu uma quantidade de cocaína para Tália, mas a mesma não quis ficar com o entorpecente, alegando a má qualidade do ilícito.
A partir daí, Tália e outros ocupantes do grupo, entre eles Otaciano, planejaram a execução de José Edson. Os irmãos forjaram uma solicitação de frete e armaram a emboscada para Edson. Ainda segundo as investigações, o empresário Renato Valentim era sócio-proprietário de uma pousada em Jijoca de Jericoacoara e não tinha ligação com o tráfico. No dia do crime, ele pegou uma carona na caminhonete de José Edson e foi morto junto com o motorista.
Postado por Tadeu Nogueira às 20:07h
Com informações e foto da SSPDS

Nenhum comentário: