quarta-feira, 18 de abril de 2018

EX-MEMBRO DE GRUPO DE ESCOTEIROS É CONDENADO POR PEDOFILIA INTERNACIONAL

Em fevereiro deste ano, a Justiça Federal de Santa Maria (RS), condenou um homem de 31 anos, pelos crimes de organização criminosa, estupro, produção e compartilhamento de arquivos relacionados à pornografia infantil. 
A sentença fixou pena de 65 anos e seis meses em regime fechado, além de pagamento de multa.
Diose Machado da Veiga utilizava um computador com o IP registrado em Santa Maria para colaborar com uma rede internacional de pornografia. 
De acordo com informações do Ministério Público Federal (MPF), o homem produzia e compartilhava imagens de crianças e abusava das vítimas quando estavam desacordadas. A investigação identificou as vítimas envolvidas.
As investigações apontaram ainda que, por integrar um grupo de escoteiros, Veiga aproveitava-se da relação de confiança estabelecida com os pais das vítimas e dos vínculos estabelecidos com crianças. Também foi apurado que o homem estaria prestes a exercer a atividade de professor em escola de educação infantil. Ele só não assumiu o posto porque o MPF pediu a prisão preventiva dele.
Conforme a instituição Escoteiros do Brasil, o condenado participou de um grupo de escoteiros em Santa Maria há mais de 8 anos. Além disso, a instituição informa que, há mais de 6 anos, todas as pessoas que participam como voluntários em grupos precisam passar por um curso de formação que trata justamente sobre a temática da proteção infanto-juvenil. Os crimes foram constatados a partir de uma força-tarefa internacional de combate a crimes contra crianças promovida pelo FBI.
Lá vou eu: A pedofilia é um "câncer" que pode ser prevenido com uma vigilância rígida por parte dos pais. Todo cuidado é pouco com quem utiliza de todos os meios, supostamente normais, para se aproximar de crianças e adolescente, seja em Santa Maria ou em Camocim de Bom Jesus dos Navegantes. 
Postado por Tadeu Nogueira às 19:34
Com informações do Diário SM

Nenhum comentário: