sábado, 9 de junho de 2018

GRANJA E BARROQUINHA EM ALERTA E CHAVAL SOB RISCO DE SURTO DE DENGUE, ZIKA E CHIKUNGUNYA

Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) indica que 19 dos 184 municípios cearenses (10,3%) apresentaram um alto índice de infestação, com risco de surto para dengue, zika e chikungunya.
Esses municípios têm índice de infestação predial (IIP) acima de 4%, o que representa risco de surto das três doenças. 
"O resultado do levantamento indica que é necessário dar mais atenção nas ações de combate ao mosquito. A prevenção não pode ser interrompida", alerta o Ministério da Saúde.
Casos no Ceará
De acordo com Boletim Epidemiológico da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa), com registros até 2 de junho, foram confirmados 2.444 casos das três doenças: dengue, zika e chikungunya. Foram 1.605 casos de dengue, 15 de dengue grave, que resultou em nove mortes; 22 casos de zika, dos quais três em gestantes; e 802 casos de chikungunya. As três doenças têm o mosquito Aedes aegypti como vetor.
Na zona norte, Chaval é a única cidade com risco de infestação. Outras duas cidades da região, Moraújo, Martinópole, Senador Sá, Barroquinha e Granja, estão em situação de alerta. 
Postado por Tadeu Nogueira às 10:30h
Com informações do G1CE

Nenhum comentário: