terça-feira, 17 de julho de 2018

OBRA DO PÍER DE GRANJA SEGUE ABANDONADA E SEM EXPLICAÇÃO

Em março de 2016, o então Prefeito de Granja, Romeu Arruda, anunciou, por meio de uma revista, seus feitos reais e fictícios.  
Nessa revista, na página 26, estava escrito:  
"Granja do Futuro: Cerca de 2 Milhões Serão Investidos na Revitalização do Entorno do Rio Coreaú.
A população de Granja vai ganhar um grande presente! 
Será construído um píer ecologicamente sustentável, um muro de proteção ecológico e painéis de madeira para realçar a nova proposta futurista do espaço. 
Pois bem, a população de Granja está procurando até hoje essa obra "futurista". 
O tal "presente", o real, de verdade,  é esse da foto ao lado, tirada ontem por um morador. Quase 3 anos depois, tudo segue nas maquetes publicadas na tal revista. O "esqueleto" do píer ficou debaixo d'água no recente inverno. As ferragens já estão se deteriorando. Sua localização, absurdamente escolhida, está em uma Área de Preservação Ambiental, configurando suposto crime contra o meio ambiente. Nem licença da Semace possui. 
A denúncia foi protocolada no Ministério Público ainda no ano passado. Um procedimento chegou a ser aberto pelo MP, mas ninguém sabe qual foi o resultado. O assunto é tratado com silêncio pela gestão municipal. 
Enquanto isso, o Granjense pergunta: cadê a verba de R$ 2 milhões? 
Postado por Tadeu Nogueira às 11:50h

Um comentário:

Carlos Evanmar Moreira disse...

Quem deve explicar isso muito bem é o blogueiro medíocre do blog desacreditado. Aliás, o dito cujo que se acha um indivíduo normal, deve ser um lunático porque tudo que ele posta só serve de repúdio.