quarta-feira, 31 de outubro de 2018

APAGÕES DA ENEL REVOLTAM COMUNIDADES RIBEIRINHAS DE CAMOCIM

São quase 20 dias de apagões diários. Escola ficam sem aulas, equipamentos elétricos queimam e comunidades inteiras dormem no breu. 
Essa vem sendo a realidade de comunidades ribeirinhas como Moréias, Sítio São Matheus, Buriti, Torta, Lago Grande e muitas outras. 
O motivo é a falta de energia, supostamente causada pela pequena quantidade de transformadores na região. As localidades atingidas ficam situadas à margem do Rio Coreaú, na área administrativa do Distrito de Guriú, na zona rural de Camocim. 
Em contato com o blog, moradores, já desesperados e revoltados com os prejuízos e omissão, afirmam que a Enel vem sendo seguidamente informada do problema, mas nada faz para resolvê-lo. "As contas não falham. Mesmo morando longe da zona urbana, eles chegam em dia. O que falha todo dia é o serviço da Enel, o mesmo que eles cobram sem oferecer", disse ao blog uma moradora. 
Postado por Tadeu Nogueira às 12:15h

Nenhum comentário: