sábado, 27 de outubro de 2018

O EGO ACIMA DE TUDO

O candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, derrotado no primeiro turno das eleições, desembarcou no Brasil nesta sexta-feira (26), mas não falou sobre a eleição presidencial, disputada por Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL).
Ciro Gomes estava no exterior desde o dia 11 de outubro. Ele ainda não deu declaração sobre apoio no segundo turno. No aeroporto de Fortaleza, o pedetista foi recebido por apoiadores e não concedeu entrevista à imprensa.
Lá vou eu: poucos pensam no país ao falar. Ciro mostrou isso ficando calado. Foi pior. Agora vai hibernar durante 3 anos e começar a campanha, pessoal, em maio de 2022. 
Postado por Tadeu Nogueira às 10:13h

3 comentários:

davi costa disse...

Ele é que estar certo, nosso povo vota por passionalidade

Unknown disse...

Ele analisou a política de um país de primeiro mundo e resolveu ficar em cima do muro,
Ou vai de direita ou vai nas mágoas da esquerda.

Gabriel Yegor disse...

Acho que ele percebeu que o povo não quer conversa com ladrões corruptos, então desviou o caminho pensando no dia de amanhã .
Se bem que ele (Ciro) é o Sardinha da Odebrecht na lava jato .