sábado, 22 de dezembro de 2018

BARRANDO A SOLIDARIEDADE

A Prefeitura de Barroquinha teria proibido o uso da Quadra do CSU e da Escola Carmelita Veras para a realização de um campeonato beneficente de Futsal. 
O objetivo do evento de Natal seria, além de promover o esporte e lazer, arrecadar alimentos para serem distribuídos entre famílias carentes do município. 
Vale lembrar que os referidos equipamentos são públicos. A proibição vem gerando uma onda de revolta nas redes sociais.  
Além dessa, outra atitude negativa do Prefeito Ademar, como foi amplamente divulgada, foi anunciar que não pagaria os meses de novembro e dezembro aos servidores da educação. 
Sem dinheiro no bolso, alguns dos prejudicados certamente seriam beneficiados com a exemplar atitude desses atletas barroquinhenses. Mas nem isso, o prefeito, que é professor, permitiu. 
Postado por Tadeu Nogueira às 09:27h

Nenhum comentário: