quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

MORTE DA PERUANA: JUSTIÇA REJEITA NOVO JULGAMENTO DE "SEU BENÉ"

A 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) negou pedido para novo julgamento do ex-presidente da Câmara Municipal de Camocim, Benedito Soares Pereira,  o "Seu Bené", empresário de pesca de Camocim, acusado de mandar matar a peruana Patrícia Maria Falconi de Venini. 
De acordo com a denúncia do Ministério Público do Ceará (MPCE), na noite de 19 de julho de 2007, um homem, a mando de Benedito, teria matado a peruana, na avenida Washington Soares, em Fortaleza. O marido da vítima, que é comerciante de produtos artesanais, já havia movido quatro processos contra o réu, sendo dois criminais; um cível; e um por calúnia.
Ainda de acordo com a denúncia, o comerciante ganhou uma das causas, no valor de R$ 50 mil, o que teria desagradado Benedito. Este, por sua vez, teria contratado uma pessoa, não identificada, para se passar por suposto cliente e firmar negócio com o vendedor. 
Marcado o local e o horário do encontro, o homem correu em direção ao carro do comerciante e efetuou dois disparos, um deles atingiu a peruana, sentada no lado do passageiro.
Em julho de 2014, um júri condenou o réu à pena de 13 anos de reclusão, em regime inicialmente fechado. Por conta de um recurso da defesa, Benedito está respondendo em liberdade.
Postado por Tadeu Nogueira às 17:23h
Com informações do TJCE

Nenhum comentário: