segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

DOSSIÊ NOTURNO: DR.ISMAEL DENUNCIADO NO MP, MPF, PGJ E TCE

O Dr.Ismael Pinheiro está sendo denunciado, entre outras coisas, por trocar perícias por votos, ao Ministério Público Estadual em Camocim (MPCE), Ministério Público Federal (MPF), Procuradoria da República no Ceará), na Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) e Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE).
Ismael é perito médico do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e vereador de Camocim.
A improbidade alegada inclui crime eleitoral e acúmulo ilegal de cargos.
Entre os cargos, de 40 horas semanais, está o de Diretor Assistencial do Consórcio Público de Saúde da Microrregião de Camocim (CPSMCAM), mantido pelos municípios de Camocim, Granja, Barroquinha, Martinópole e Chaval.  
Segundo a denúncia, sua ausência recorrente teria sido comprovada através da própria instituição.
Além disso, ainda segundo a representação, Ismael Pinheiro teria prescrito receitas médicas na policlínica de Camocim, quando substituiu um clínico geral no mês de outubro de 2018, sendo que o mesmo não deveria executar tais atividades médicas, tendo em vista que seu cargo é de direção e não da área assistencial do consórcio. 
A acumulação ilegal de cargos públicos do Dr. Ismael ainda pode ser comprovada pelo Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE-CE), onde se constata o exercício ilegal da medicina por sua parte, em inúmeros estabelecimentos públicos de saúde.
O Dr. Ismael Jorge Pinheiro ainda exerce a sua profissão de médico atendendo pacientes na Clínica Reviver, em Camocim, nas tardes de segunda e sexta, supostamente prestando serviços na área de clínica geral e prevenção, conforme se comprova através do laudo médico anexo à representação judicial.   
Nas provas se constata ato ilegal de consulta e distribuição de receitas médicas na localidade de Bitupitá (Barroquinha) e no ambiente de uma residência. O médico, juntamente com as consultas e distribuição de receitas, promoveu a campanha de seus candidatos, entre eles, a de Romeu Arruda, que também está sendo denunciado por crime eleitoral. 
Ainda existem denúncias na cidade de Camocim de que o referido médico promoveu, em troca de votos, várias cirurgias de laqueadura de trompas em pacientes, em desacordo com as diretrizes legais e definidas pelo Conselho de Medicina.
Como se não bastasse, o mais grave é que, além de proceder em troca de votos, consultas e exames, o médico em questão prometeu e concedeu benefícios de aposentadoria valendo-se da sua condição de médico perito do INSS.
Os benefícios foram concedidos em caráter temporário, o que gerou revolta nos eleitores que se sentiram enganados. Tal prática consta em um áudio repassado à justiça.
A representação judicial pede que os órgãos ajuizados adotem as medidas administrativas e judiciais cabíveis no âmbito de sua competência, para que Ismael Pinheiro, na medida da sua culpabilidade, responda pelos ilícitos praticados, devendo ao mesmo ser aplicada as sanções previstas na legislação cabível à espécie.
Segundo informações obtidas pelo blog, Ismael Pinheiro, desde que foi intimado, disparou a fazer ligações para inúmeras pessoas, no intuito de tentar barrar a denúncia. O caso de Ismael pode resultar na perda de seu mandato de vereador.
Mas isso, pelo jeito, se acontecer, será o menor de seus problemas.  
Postado por Tadeu Nogueira às 12:28h

Nenhum comentário: