quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

MENTE FÁCIL...

Na semana passada, em sua emissora de rádio, o deputado estadual Romeu Arruda, líder da oligarquia Arruda, grupo que domina Granja há mais de 50 anos, disse, com dedo em riste e em tom de vitimização, como sempre, que motoristas cooperados de Bitupitá, que são eleitores dele e do prefeito de Barroquinha, Ademar Veras, estavam sendo perseguidos pelo Detran, dando a entender que seria o Detran Regional de Camocim. 
Chegou a dizer que se tratava de "politicagem". A parte do "politicagem", dizem, teria causado, partindo de quem falou, gargalhadas em quem escutou.  
Bom, segundo informações que chegaram ao blog, o primo de Gony Arruda faltou com a verdade duas vezes em menos de 40 segundos. Se bem que, tratando-se dele, não chega a ser quebra de recorde.  
Primeiro: o Detran Regional de Camocim não realiza fiscalização. Ela, quando surge, é feita por agentes de Sobral ou Fortaleza. Aliás, fiscalização é o que o usuário mais pede. Ou não?  
Segundo: não há cooperados em Bitupitá. Nunca houve. A Coopitrace não atua na localidade. 
E para finalizar, a fiscalização que aconteceu na semana passada, veja só, foi solicitada pela dita Coopitrace. 
E da próxima vez, além do Detran, a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará (ARCE) estará presente. 
Postado por Tadeu Nogueira às 08:34h

Nenhum comentário: