segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

PATINHO FEIO

Em Camocim, a oposição tenta, por meio de fotos, e não de atos, mostrar união. O curioso é que, em nenhuma delas, Chico Vaulino, apontado ainda como líder dessa oposição, aparece. 
O mesmo acontece com sua esposa, Euvaldete Ferro, candidata à prefeita de Camocim em 2020.  
O casal vem sendo excluído de reuniões e "retratos". A situação de liderança de Chico Vaulino é tão delicada, que nem mesmo a escolha do líder da bancada opositora do legislativo passa mais pelo seu crivo. E olhe que isso acontecia há mais de 13 anos. 
Quem decide isso agora é o deputado Romeu Arruda. O Vereador Juliano Cruz foi o escolhido. Dos 6 vereadores de oposição, Chico Vaulino só conta com o apoio declarado de Marcos Coelho que, por conta disso, levou um "canto de carroceria" dos próprios colegas. 
O grupo que se afastou de Chico Vaulino pretende lançar candidatura própria. Isso é óbvio. No meio disso surge Erasmo Gomes. O vereador, eleito no palanque de Vaulino, já disse que, caso não haja união, ele será candidato em 2020.
Ou seja, Chico Vaulino vem sendo desafiado até pelo novato Erasmo. Quando fez aliança com Romeu Arruda em troca de recursos, favores políticos e empregos, Chico foi avisado, por aliados mais próximos, que ele estava assinando a perda de sua liderança em Camocim. 
Sedento pelas vantagens apresentadas, ignorou os avisos e agora paga um preço alto pelo vacilo. O Chico, líder, vem tendo tratamento de cabo eleitoral. 
Postado por Tadeu Nogueira às 11:59h

3 comentários:

Zé Maria disse...

OPINIAO :seja a oposição unida ou não, os Aguiar merece continuar no puder, pelo grande trabalho que Mônica Aguiar fez em Camocim, e anda estar fazendo,nao foi só perto de eleição continua trabalhando é tem muitos projetos para sair ,e outra tem muitos nomes bom dentro do partido , vou dizer só um Glauco Aguiar, carismatico humano é povão

luiz disse...

o que quer dizer ---- um canto da carroceria----?

Unknown disse...

Valeu seu Zé Maria e Glauco 2020 eu voto nele sonha euvaldet