quarta-feira, 10 de abril de 2019

BARRAGEM IMPROVISADA SEGURA SANGRIA ILEGAL DO LAGO GRANDE

A sangria do Lago Grande, em Camocim, feita de forma ilegal, começa a ser contida por uma barragem improvisada feita por moradores. 
Entre essas pessoas está o barraqueiro chamado Carlito, que no último dia 3 de abril, com raiva porque o lago invadiu sua barraca, como se não tivesse sido justamente o contrário, resolveu fazer um sangradouro na marra, juntamente com alguns ajudantes. 
Carlito acabou provocando a perda de milhões de metros cúbicos de água. O canal, estreito no início, chegou a alcançar mais de 50 metros, baixando o nível do Lago Grande em mais de um metro, segundo alguns populares.  
O ato criminoso gerou revolta imediata na população da região e nas pessoas que viram, em primeira mão, na Fan Page do Camocim Online, um vídeo em que Carlito é flagrado abrindo o canal. 
O barraqueiro já foi interpelado por órgãos ligados ao meio ambiente e turismo. Ele deverá responder pelo ato praticado. A Marinha do Brasil, Ibama, Semace e Secretaria Municipal da Pesca, Agricultura, Recursos Hídricos e Meio Ambiente (Sepharma) estão acompanhando o caso. 
O Lago Grande, agora controlado, após quase 10 dias de sangria não autorizada, é um dos mais importantes pontos turísticos de Camocim, gerando emprego e renda para centenas de famílias que vivem, não apenas do turismo, mas da pesca e agricultura. 
Reveja abaixo o vídeo: 


Postado por Tadeu Nogueira às 13:43h

Um comentário:

Unknown disse...

Esse cara aí ele merece pegar é um moi de pisar pra nuca mais mexer no que tá queto...