sexta-feira, 24 de maio de 2019

CAMOCIM: CÂMARA ACATA PEDIDO DE CASSAÇÃO DO VEREADOR ERASMO

Por 7 votos a favor e 2 contrários, a Câmara de Camocim decidiu acatar a denúncia que pede a cassação do mandato do Vereador Erasmo Gomes (PSL). O Vereador Júlio César, colega de bancada de Erasmo, se absteve. 
Outro "aliado" do parlamentar acusado, Oliveira da Pesqueira, não compareceu à sessão. 
A denúncia foi apresentada pelo cidadão Ray Fontenele, estudante do curso de Química do Instituto Federal do Ceará - Campus Camocim. 
Segundo consta na representação, o Vereador Erasmo classificou um movimento democrático e popular, realizado no dia 15 de maio, coordenado pelo Sindicato APEOC, com a participação de estudantes e professores, como sendo de “meia dúzia de maconheiros”. 
Uma comissão processante, escolhida por sorteio, foi formada pelos seguintes Vereadores:  Kléber Veras (Presidente), Emanoel Vieira (Relator) e Júlio César (Membro). 
O Vereador Erasmo será notificado para apresentar defesa prévia. O próximo passo será a instrução processual. Em seguida, o plenário do legislativo votará o parecer da comissão. 
Postado por Tadeu Nogueira às 12:21h

2 comentários:

Romulo disse...

Vale lembrar que não é apenas o julgamento do mérito e sim a vontade dos demais colarinho branco

anonimo disse...

Engraçado q eu sou engenheiro elétrico e ganha um bom salário e fumo maconha a mais de 15 anos e nem por isso eu sou um bandido.