segunda-feira, 10 de junho de 2019

EMPRESA DE PASSEIOS DE JERI NÃO CITA CAMOCIM COMO PARTE DA ROTA DAS EMOÇÕES


A não citação de Camocim ou a usurpação de seu território, sem o devido reconhecimento em publicações feitas via internet e por meio da venda de pacotes turísticos, é algo visto pelo pior míope da face da terra.  
Vejamos então a Cooperjeri, primeira cooperativa de Jeri, responsável por serviços de traslados e passeios. A empresa conta com mais de 190 veículos. Dessa frota, sem medo de errar, quase todos já fizeram o passeio que ocupa 80% de Camocim, parando em belezas como o Lago Grande, Praia da Tatajuba, Trilha do Mangue, entre outras atrações 100% Camocinenses. 
Custava mencionar Camocim no site oficial da empresa? Pelo jeito custa e muito. Na "aba" de buscas, temos "zero resultados encontrados" se digitarmos Camocim. 
Mas isso é o de menos. Na "aba" de apresentação da empresa, a Cooperjeri simplesmente diminui de 5 para apenas 1 as cidades cearenses que fazem parte da Rota das Emoções.
O texto do site diz: "...estendemos nossos serviços até os estados do Piauí e Maranhão, roteiro oeste que compreende a chamada Rota das Emoções (Jericoacoara, Delta do Parnaíba e Lençóis Maranhenses). A Rota, completa, juntando os municípios do Piauí e Maranhão, é composta por 14 cidades. A Cooperjeri, por conta própria, cita apenas Jijoca como membro cearense da Rota das Emoções e inclui somente Parnaíba e Barreirinhas, respectivamente dos estados do Piauí e Maranhão. Do Ceará, a Cooperjeri omitiu Camocim, Cruz, Chaval e Barroquinha. 
Postado por Tadeu Nogueira às 12:05h

Um comentário:

Zé Maria disse...

Os próprios moradores dos distritos de : Tatajuba ,Lago Grande e outros mais tem que fazer o trabalho de boca a boca, explicando ao turista o que sao de Camocim e não de Jeri ,e Os próprios bugueiros de Camocim que sao os mais prejudicados.,a alma do negócio e a propaganda.