sexta-feira, 21 de junho de 2019

MAIS BURACOS, MENOS TURISTAS

Todos os destinos turísticos cearenses estão sofrendo com a diminuição de visitantes este ano. As péssimas condições das estradas têm contribuído para isso. 
O que mais escutei nos últimos dias, por exemplo, de pessoas que costumavam subir a serra em busca do frio e tranquilidade de Viçosa do Ceará, onde teve início ontem mais uma edição do Festival Mel, Chorinho e Cachaça, é que não mais iriam por conta do acesso. 
É claro que destinos como Viçosa, Camocim e Jeri, onde o turismo significa geração de emprego e renda, não deixará de ter turistas, porém, eles estão sendo vistos em menor número.  
Jeri mantém a vantagem de hospedar milhares de pessoas por meio de pacotes de agências como a CVC. Muitos desses visitantes chegam de avião. Como o deslocamento terrestre entre aeroporto e a Vila de Jeri não chega a 30km, a viagem entra como parte da aventura. 
O governador Camilo anunciou R$ 150 milhões para recuperação das rodovias cearenses. Disse que as obras começariam logo após o inverno. 
As chuvas já cessaram em mais de 70% há mais de 20 dias, o sol vem brilhando cada vez mais e nenhuma empresa é vista trabalhando nas estradas do litoral oeste. 
Postado por Tadeu Nogueira às 10:23h

Um comentário:

Carlos Augusto Trévia disse...

Aqui no Brasil, coloca-se a culpa dos buracos nas chuvas; mas na Europa e na Ásia chove muito mais do que aqui e não se vê imperfeições no asfalto.