quinta-feira, 22 de agosto de 2019

GRANJA: INTERNET DA CÂMARA É CORTADA PARA EVITAR LIVES

A Câmara de Granja está há duas semanas sem internet. Segundo informações obtidas pelo Camocim Online, o motivo passa longe de ser técnico.   
A ausência do serviço seria proposital. Uma ordem para bloqueio teria partido do presidente vereador Jeová Brito. 
O chefe do legislativo, aliado do deputado Romeu Arruda, não estaria gostando da repercussão das transmissões ao vivo das sessões, mostradas pela vereadora Paloma Aguiar. 
Em uma delas, recentemente, a vereadora revelou uma licitação fraudulenta realizada pelo presidente Jeová.  
A licitação previa a locação de uma pick-up cabine dupla para ficar à disposição da câmara, com direito a motorista 24 horas por dia, por R$ 11.500,00 mensais. Em outra, Jeová licitou de 15 mil litros de diesel, combustível suficiente para dar 4 voltas ao redor da terra.  
O corte da internet, supostamente aconselhado pelo deputado Romeu, seria para evitar que novas denúncias sejam transmitidas ao vivo para os Granjenses. 
A falta de transparência é uma marca do legislativo de Granja. Mas isso tem explicação. Na volta do recesso, por exemplo, a prioridade do presidente Jeová, juntamente com outros 11 colegas que formam a bancada da situação, foi aprovar o aumento do número de vereadores. Atualmente com 13, a partir de 2020 serão 15. A decisão aumentará a despesa em quase R$ 1 milhão. 
Postado por Tadeu Nogueira às 09:02h

Nenhum comentário: