quarta-feira, 21 de agosto de 2019

PM QUE ATIROU EM 4 PESSOAS É CHAMADO DE "ASSASSINO" EM IPU

Sob protestos de familiares das vítimas baleadas, o soldado da PM, Jorgeandro Vieira, participou, nesta segunda-feira (19) de uma audiência de custódia no Fórum da cidade de Ipu. O militar está preso preventivamente por ordem da Justiça Comum após ter baleado quatro pessoas durante uma festa familiar naquela cidade, no começo do mês.
Jorgeandro é PM destacado no Comando de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio), em Fortaleza, e, na madrugada do último dia 4, tentou matar a namorada durante uma discussão banal entre o casal, por causa de ciúmes. Bêbado, ele  sacou uma pistola de calibre Ponto 40 (.40) e tentou matar a jovem, que correu desesperada para dentro da casa onde acontecia uma festa pela formatura de uma colega.
O PM teria disparado cerca  de 17 tiros dentro da residência, deixando feridos o dono da casa, o empresário conhecido por “Serginho Balacó”, a esposa deste e duas sobrinhas, adolescentes. Com um tiro no abdome, “Serginho” permanece internado, em estado grave, na UTI da Santa Casa de Misericórdia de Sobral, onde já passou por várias cirurgias.
Aos gritos de “assassino! Bandido! Tem que morrer na cadeia!”, os parentes das vítimas protestaram no momento em que o PM saía do Fórum da cidade acompanhado de um advogado e escoltado por vários policiais do Batalhão de Policiamento de Guarda Externa de Presídios (BPGEP) e do Policiamento Ostensivo Geral (POG) da região. Após a audiência, ele retornou para uma cela do Presídio Militar, em Fortaleza, onde cumpre a prisão preventiva.
O Comando Geral da PM também instaurou um Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD), que pode levar à expulsão do soldado. Veja o vídeo AQUI
Postado por Tadeu Nogueira às 15:36h
Blog do Fernando Ribeiro 

Nenhum comentário: