quarta-feira, 9 de outubro de 2019

VETADA LEI QUE PREVIA PSICÓLOGOS NAS ESCOLAS PÚBLICAS

O presidente Jair Bolsonaro vetou integralmente um projeto de lei que obrigava escolas públicas a contratar profissionais de psicologia e de assistência social. 
O veto, publicado nesta quarta-feira (9) no Diário Oficial da União, vê “inconstitucionalidade e contrariedade ao interesse público” na proposta aprovada pelo Congresso Nacional em setembro.
O veto presidencial foi criticado por entidades dos setores de educação e psicologia. Para Norma Cosmo, representante do Conselho Federal de Psicologia (CFP), a contratação de profissionais multidisciplinares para a rede pública de ensino não deveria ser vista como uma despesa.
"A gente entende que inserir psicólogos e assistentes sociais na escola não é um gasto, mas um investimento", diz Cosmo. 
"Essa medida poderia inclusive evitar muitos gastos que chegam no sistema de saúde público e que decorrem de problemas nas escolas. O presidente deveria olhar para o projeto numa perspectiva de economia em outros sistemas, não de despesa". 
Lá vou eu: É um retrocesso após o outro.  
Postado por Tadeu Nogueira às 15:20h

Um comentário:

Neto dpvat disse...

Lamentável... O retrocesso de uma nação amoldado no seu péssimo governo!