quarta-feira, 6 de novembro de 2019

ÀS CEGAS: CAMOCIM NÃO MONITORA CHUVAS DA ZONA RURAL

O monitoramento das chuvas em Camocim é feito por apenas uma estação pluviométrica, localizada no centro da cidade. 
O equipamento, que envia dados para a Funceme, pertence ao Pesquisador Luiz Gonzaga. 
No final de cada período invernoso, sabe-se com precisão quanto choveu na sede, porém, não há dados sobre a zona rural. 
Isso prejudica, por exemplo, a elaboração de políticas públicas voltadas para a agricultura e ações de prevenção contra cortes de estradas e de pequenos açudes.   
Há 2 anos atrás, em 2017, ao entrevistar o deputado estadual Sérgio Aguiar (PDT), sugerimos esforços, por parte dele, para dotar o Distrito de Guriú e Praia do Maceió desse monitoramento. Além de acatar a ideia, ele citou o Distrito de Amarelas como outra área que deveria ser beneficiada. 
Quase dois invernos depois, com Lago Grande (Região do Guriú) e Lago das Cangalhas (Região do Maceió) cheios, a cidade ainda está às cegas quanto ao monitoramento das chuvas da zona rural. Fica aqui mais uma vez a sugestão.  
Postado por Tadeu Nogueira às 09:17h

Nenhum comentário: