segunda-feira, 23 de dezembro de 2019

BOLSONARO EXTINGUE MAIS DE 10 MIL CARGOS DE AGENTE DE SAÚDE

Um decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro prevê a extinção de 27.611 cargos efetivos, contando os já vagos e os que venham a vagar. A medida começa a valer a partir de 26 de fevereiro de 2020
O Ministério da Saúde será o órgão mais impactado com a medida. Na pasta estão cerca de 81% dos 27 mil cargos que serão extintos (22.476). 
Desse total, 10.661 são de agente de saúde pública – entre eles, 4.591 postos estão atualmente vagos e deixarão de ser repostos. Outros 6.070 estão ocupados, e serão extintos quando ficarem vagos.
Postado por Tadeu Nogueira às 15:16h
Com informações do G1

2 comentários:

Alberto t disse...

Cabide de emprego criado pela bandidagem do pt, acabou a roubalheira malditos, vão trabalhar safados.

Zé Maria disse...

E agora vai socorre os bancos particular com do dinheiro público, será que isso estar certo ,com a palavra os Bolsominhos.