quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

OPOSIÇÃO VOTA CONTRA EMPREGOS, ASFALTO E SANEAMENTO

Por ordem do Vereador Juliano Cruz (PSD), a bancada de oposição de Camocim votou contra dois importantes projetos de lei enviados pela prefeita Monica Aguiar (PDT).  
Primeiro, na semana passada, votaram contra uma operação de crédito de até R$ 21 milhões de reais, junto à Caixa Econômica Federal. 
O valor se destina ao planejamento urbano, que inclui obras de acessibilidade e asfaltamento de dezenas de novas ruas. 
O recurso também inclui a continuidade da execução do serviço de saneamento básico do município. Com a conclusão, somente Camocim e outras três cidades do país estarão 100% saneadas. 
O outro projeto, votado nesta quinta-feira (05), visa a contratação de servidores por tempo determinado, para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público. 
Os dois projetos foram aprovados pela maioria, através dos votos de 8 vereadores da situação. 
Por outro lado, Juliano Cruz (PSD), Júlio César (PSD), Erasmo Gomes (PSL), Marcos Coelho (PSDB), Oliveira da Pesqueira (PC do B) e Ismael Pinheiro (PDT) votaram de forma contrária.  
A orientação para a bancada da oposição votar contra mais empregos e ruas asfaltadas teria partido de Chico Vaulino, Euvaldete Ferro e do deputado Romeu Arruda. 
Postado por Tadeu Nogueira às 12:37h

3 comentários:

Zé Maria disse...

O povo em geral precisa ficar sabendo dessa votação, os que não querem o bem do nosso Camocim , e pensando em quere voltar imagine a contradição dessa gente, no mínimo uma semana sendo divulgado nos Rádios e todas as redes sociais, e de boca a boca em todo o canta da Cidade , esperamos façam isso tanta gente que reclama por emprego , e urbanização de nossa Cidade , Saneamento em uma Cidade e melhor que um hospital , porque previne doenças, e asfaltar as Ruas ficam lindas e bom de se andar, seja de : bicicleta , moto ou carro , vamos ficar de olho e comentar .

Camocim onlibe disse...

São uns cachorros. Bom de criarem vergonha. Fica impedindo a prefeita de fazer o serviço. E depois fica nas casas. Dizendo que vai fazer. Procura uma troca de roupa pra lavar. Cambada

Unknown disse...

Na minha opinião isso não é vergonha para mim vergonha é tirar o direitos de quem tem por exemplo aquelas pessoas que lutaram para conseguir um tão sonhado emprego conseguidos com suas honra méritos e não ter o direitos para isso tem que lutarem na justiça em quanto as vagas de sua função estar precisando isso é muita falta humanidade assim deixa de colocar uma pessoa qualificado através de seus próprios méritos com bastante esforços mesmo assim os que fazem parte deste governo não vê mesmo sabendo que o direito existem diante da lei em tão para mim isso não é vergonha esta é opinião desculpe