terça-feira, 28 de janeiro de 2020

PREFEITO ADEMAR DENUNCIADO POR DESVIO E FRAUDE CONTRA INSS

O Prefeito de Barroquinha, Ademar Veras, está sendo denunciado no Ministério Público Federal (MPF) por desvio, falsidade de documento público e apropriação indébita previdenciária. 
Segundo consta em um documento ao qual o Camocim Online teve acesso, entre outras graves acusações, o Prefeito Ademar teria recolhido contribuições previdenciárias de servidores, repassando em valores menores ao INSS.  
Entre os casos apresentados ao Ministério Público Federal (MPS), está o do servidor de iniciais J.M.F.S. 
Na folha de pagamento, a remuneração do funcionário é de R$ 985,71 (ano de 2018). No entanto, nas informações enviadas ao INSS, o mesmo servidor aparece com o salário equivalente a R$ 436,33, no caso, 60% a menos que o valor pago. 
Essa prática criminosa visa, segundo a denúncia, fraudar informações a fim de burlar o sistema previdenciário, desviando mais de 50% da receita previdenciária dos servidores. 
O que não se sabe até agora é onde foi parar o desvio das contribuições. Estima-se que o crime venha sendo praticado desde janeiro de 2017, logo que o Prefeito Ademar assumiu o cargo. 
Sem os repasses feitos de forma correta, aproximadamente 500 servidores, segundo um cálculo inicial, incluindo até mesmo professores concursados que recebem do recurso federal do Fundeb, podem ficar sem suas aposentadorias. 
O desvio pode ter chegado a R$ 3 milhões de reais. 
A denúncia pede ao Ministério Público Federal (MPF) o afastamento do Prefeito Ademar Veras. 
Reincidente 
Caso seja comprovada a denúncia, o crime não seria novidade na ficha do Prefeito Ademar Veras.  
Em 2007 e 2008, quando ocupava o cargo de Secretário de Educação de Camocim, suas contas foram desaprovadas com direito à nota de improbidade. Entre os crimes estava justamente o não repasse de R$ 29.694,78 relativos ao INSS dos professores de Camocim. 
Por conta disso, Ademar, que também é professor, foi considerado "ficha suja", ficando inelegível por 8 anos.  
Postado por Tadeu Nogueira às 13:22h

Um comentário:

Joab pereira da Silva disse...

A justiça tem que punir os culpados nessa fraude vergonhosa contra os servidores de barroquinha e nas proximas eleições aprendam a votar!!!