sexta-feira, 10 de janeiro de 2020

PROJETO PROÍBE EUTANÁSIA DE DE CÃES E GATOS SAUDÁVEIS

Garantir a proteção dos animais foi um dos assuntos que mobilizou o Senado em 2019. Entre os projetos aprovados e enviados para análise dos deputados está o que proíbe a eliminação de cães, gatos e aves saudáveis pelos órgãos de controle de zoonoses.
O projeto proíbe a eliminação de animais saudáveis pelos órgãos de controle de zoonoses e tem a intenção de incentivar a adoção de cães, gatos e aves saudáveis por meio de convênios do setor público com entidades de proteção animal e outras organizações não-governamentais. 
A eutanásia só é permitida nos casos de males, doenças graves ou enfermidades infectocontagiosas incuráveis que coloquem em risco a saúde humana e a de outros animais.  
O projeto já havia sido aprovado pela Câmara, mas como foi modificado pelos senadores, volta para análise dos deputados, que poderão optar pelo texto do Senado ou pela versão original, da primeira votação na Câmara.
Postado por Tadeu Nogueira às 16:00h 
Com informações da Agência Senado

3 comentários:

Zé Maria disse...

Era para ter punição para quem criam.seus cães e solta nas Ruas, vive perambulando e volta só para dormir em casa , se não acha em condições de criar como manda a lei, não crie mais essa consciência de alguns estar difícil.

Unknown disse...

Eu concordo plenamente,que animais saudáveis merecem viver em um lar, agora os que vivem nas ruas a maioria deles são doentes esses merece ser recolhido pra eliminação, tem cachorro doentes na rua que agente vê.

Vágila disse...

Primeiramente parabéns ao CamocimOnLine pelo artigo e o respeito a legislação e aos PLs em tramitação. Segundo, os animais em situação de rua só estão lá porque foram abandonados e é dever de TODOS zelar por seu bem-estar, em especial o poder público. Proibindo, assim, qualquer ato que interfira no seu desenvolvimento saudável. Como medida necessária, é essencial que o poder público realize campanhas de castração com profissionais veterinários responsáveis. Quanto a zoonoses, lúcido esclarecer que os animais não-humanos são vítimas assim como os humanos.

Saliente-se que quem transmite zoonoses são: morcego (raiva), ratos (leptospirose), mosquito palha ou birigui (leishmaniose visceral canina).
E a medida que todos podem fazer para a plenitude da saúde pública é zelar pela limpeza de ruas, avenidas e em especial seus lares, quintais e terrenos.

Políticas públicas são a soma das atividades dos governos, que agem diretamente ou através de delegação, e que influenciam a vida de todos os seres, proibindo em absoluto a morte desses.