terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

"NÃO ESTOU INELEGÍVEL E SIM MAIS FORTE", DIZ JANALINE PACHECO

A política de Chaval começou a esquentar nos últimos dias, principalmente depois que o nome de Janaline Pacheco, ex-prefeita do município, passou a ser cogitado, pela oposição, para voltar a disputar o cargo nas eleições deste ano.
Segundo publicação da ex-gestora, os comentários sobre sua possível candidatura teriam irritado o prefeito Sebastião Veras. Por lá dizem que ele não quer concorrência. 
Sebastião teria então pedido ao deputado Romeu, seu chefe político, que mandasse "plantar" a informação de que Janaline estaria inelegível. 
Não estou inelegível. Não tenho a ficha suja. O Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE) não julga contas de Prefeitos, apenas emite parecer. Quem faz o julgamento é a Câmara Municipal. Não tenho contas desaprovadas pela Câmara de Chaval. Não tenho condenação criminal e muito menos condenação por atos de improbidade administrativa. Não tem nada que impeça minha candidatura a qualquer cargo público. Só dependo da vontade de Deus e do Povo”, esclarece Janaline.
Ainda segundo a ex-gestora, os ataques desferidos contra ela nas rádios, blogs e sites controlados pelo deputado Romeu Arruda começaram logo após seu nome surgir como opção da oposição. Quem não tem compromisso com a verdade, fica enganando as pessoas”, conclui. Me atacar só mostra que nosso nome tem sido bem aceito pelo povo. A cada ataque covarde ficaremos mais fortes". 
Postado por Tadeu Nogueira às 15:09h

2 comentários:

Zé Maria disse...

Falou bonito e segura , tem grande chances de voltar a ser a nova gestora de Chaval em 2021 , parabéns.

Unknown disse...

🤣🤣🤣essa oposição inventa cada história