domingo, 8 de março de 2020

"O DESPERTAR DA MENINA MULHER", POR NEUSA SETÚBAL

O pai escuta o choro no corredor do hospital:
- Nasceu!  
- É uma menina! Gritou a enfermeira radiante!
O pai, eufórico, percorre a maternidade gritando:
- Minha princesa nasceu!
Motivo de muitas alegrias, a princesa dá os primeiros passos, balbucia as primeiras palavras, enche seus pais de orgulho e felicidade. E tudo que faz é na companhia deles, conversando e querendo atenção sempre.
Vai à escola. Anos a fio os pais a deixam e a buscam diariamente, acreditando estar proporcionando à filha uma oportunidade de futuro promissor!
O tempo passa...
A menina desperta...
Agora adolescente, nem sempre enche os pais de orgulho...
Trancada no quarto não se sabe com quem conversa em seu smartphone, quase sempre melhor que o dos pais.
Acredita ser senhora de si... Julga que o mundo é seu e que suas vontades devem ser respeitadas.
Surgem os desejos...
O primeiro beijo...
O primeiro amor...
As primeiras experiências...
O que os pais pensam já não é mais importante!
No despertar, explodem as emoções e ela deleita-se em aventuras...
Contudo, logo surgem as decepções... As frustrações... As dúvidas...
E, nesse emaranhado de experiências, os sentimentos afloram e a menina desperta para tornar-se Mulher! 
Neusa Setúbal Monteiro 
(Pedagoga, Professora, Especialista em formação docente e Mestra em Gestão e Avaliação da Educação Pública)

Nenhum comentário: