terça-feira, 23 de junho de 2020

CHAVAL: PREFEITO NÃO ESTARIA REPASSANDO CONSIGNADOS DE SERVIDORES AO BANCO

Em Chaval, o  Agente Comunitário de Saúde, Neto Silva, está acusando o Prefeito Sebastião Veras de não ter repassado ao Bradesco, parcelas de um empréstimo consignado adquirido por ele. A publicação foi feita nessa segunda-feira (22). 
Na denúncia pública, postada em seu Facebook, o servidor diz que teve uma operação de crédito barrada pelo banco. Na explicação, Neto Silva disse que o gerente falou que não poderia fazer isso porque a prefeitura não havia repassado o dinheiro dos consignados para o banco, dando a entender que mais servidores estão na mesma situação. Com isso, o nome de Silva está negativado. 
Dessa forma, a prefeitura estaria recolhendo as parcelas no contracheque, mas sem repassá-las ao Bradesco. 
De acordo com consulta jurídica feita pelo blog, se confirmadas as acusações, o caso configura crime de “apropriação indébita” pela Prefeitura de Chaval. Nesse caso, os servidores podem entrar na Justiça com pedido de danos materiais e morais. 
O fato é crime previsto no artigo 168 do Código Penal. Também é improbidade administrativa porque viola os princípios da honestidade, legalidade, lealdade às instituições, dentre outros. Como se não bastasse, várias categorias do funcionalismo de Chaval seguem com salários atrasados. Os garis, por exemplo, estariam amargando 3 meses sem receber. 
Postado por Tadeu Nogueira às 13:08h

Nenhum comentário: