terça-feira, 30 de junho de 2020

DENTISTAS: UFF ATESTA INEFICÁCIA DE EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO

A constatação de que o Brasil apresenta mais de 80 mil profissionais de saúde infectados pelo novo coronavírus e, a maioria, usa nos hospitais jalecos feitos de tecido não tecido (TNT) acendeu o alerta na cirurgiã-dentista e professora titular de Periodontia da Universidade Federal Fluminense (UFF), Eliane dos Santos Barboza. 
Eliane resolveu fazer uma pesquisa para ver se os equipamentos de proteção individual (EPIs) disponíveis no mercado estavam de fato protegendo esses trabalhadores. 
A conclusão é que não foi comprovada eficácia nos três tipos de gramaturas usados (40 gramas por metro quadrado g/m², 60g/m² e 80g/m²).
"Nós fizemos um tempo mínimo de trabalho e chegamos à conclusão que os três grupos de gramatura, tanto na sua forma simples como dobrada, todos passavam aerossol", explica ela. 
A pesquisa mostrou que o TNT mais simples passa o aerossol, tanto na forma simples como na dobrada. O que não passou foi o TNT de gramatura 80 dobrado. "A questão é se passaria por mais de cinco minutos, porque ele não é impermeável", disse a professora da UFF. A conclusão é que novas tecnologias têm de ser desenvolvidas ou que se busque usar TNT impermeável. Leia mais no UOL
Postado por Tadeu Nogueira às 13:12h

Nenhum comentário: