domingo, 7 de junho de 2020

PARA OS AMIGOS, SIMPLESMENTE "VÉI"

Camocim perdeu Artidônio Dias Dantas neste sábado (06), aos 66 anos de idade. 
Ele foi vencido por um inimigo invisível que vem abreviando vidas e causando sofrimento e dor entre inúmeras famílias.
De ontem para cá, vinha pensando em como falar do "Véi", seu apelido entre amigos.  
Decidi então lembrar do Artidônio que eu costumava encontrar por aí, em datas incertas, sempre brincalhão e sorridente. 
Era diversão garantida.   
Não tinha tempo ruim com ele. Foi o único "Véi" que vi escapar de um atropelamento de caminhão e de uma virada de ônibus. 
Era um gigante em bondade e simplicidade. Uniu Ipaumirim e Camocim casando-se com Gorete Maciel, com quem teve Thiago, Diego e Iago.  
Trabalhou por muitos anos no Instituto de Previdência do Estado do Ceará, o antigo IPEC.  
Foi também chefe do Posto do Detran na cidade, órgão no qual prosseguiu trabalhando após a mudança para Unidade Regional.  
Penso que Camocim teve sorte de ser escolhido por Artidônio. Fomos privilegiados. 
Fique na luz, meu velho amigo. 
Postado por Tadeu Nogueira às 11:00h

3 comentários:

Oberdan Moreira disse...

Que Deus conforte os corações de todos os seus familiares e amigos. Uma excelente pessoa, um amigo de todas as horas.

Neto dpvat disse...

Um homem com coração de criança... Carismático, prestativo e cheio de outros bons predicados!
Adorava conversar sobre pescarias.Saudades meu amigo!

Ramey disse...

Um grande cidadão que foi vencido pelo COVID-19, meus sentimentos aos familiares do Véi..