terça-feira, 7 de julho de 2020

DE CRATEÚS A CAMOCIM - O ADEUS DE ARCELINO DE OLIVEIRA

No último dia 30 de junho, Camocim perdeu Arcelino de Oliveira Neto. 
Dos seus 89 anos, 49 foram vividos na Terra do Coró, após chegar de Crateús, sua terra natal. 
Funcionário da Rede Ferroviária Federal (RFFSA), casado com Antonia Melizante Martins de Oliveira (In Memoriam), Arcelino de Oliveira chegou a Camocim em 1971 para assumir a Gerência dos Correios. 
Após aposentar-se, passou a gerenciar o Grupo José Maria Veras, permanecendo por 15 anos nessa função. 
Foi Maçom da Loja Maçônica Deus e Camocim Nº 1. Por seu trabalho, dedicação e apreço que sempre demonstrou pelo município escolhido para trabalhar e fincar raízes, foi homenageado pela Câmara Municipal com o Título Honorífico de Cidadão Camocinense. 
Arcelino de Oliveira deixou cinco filhos (Clênio, Clícia, Cleile, Clésio e Clever), 9 netos, 8 bisnetos e muitos amigos. Seus descendentes seguem cultivando seu legado de labuta, decência e simplicidade. 
Postado por Tadeu Nogueira às 17:39h

Nenhum comentário: