domingo, 12 de julho de 2020

ECONOMIA: PREFEITURA DE CAMOCIM LIBERA NOVAS ATIVIDADES

Em Camocim, um decreto municipal publicado neste sábado (11), com validade a partir desta segunda-feira (13), ampliou o número de atividades permitidas na retomada gradual da economia de Camocim. Confira algumas delas:   
Comércio de artigos de couro e calçado; comércio atacadista da cadeia metalmecânica e afins; comércios da cadeia têxtil e roupa; comércio de livros e revistas; comércio de artigos de escritório, serviços de manutenção; contabilidade, auditoria e direito; comércio de artigos do lar; comércio da cadeia agropecuária; comércio moveleiro; comércio da cadeia de tecnologia da informação; comércio de bicicletas na cadeia de logística e transporte; comércio automotivo e serviços; comércio de saneantes, livraria, brechós, papelarias, doces e caixões; comércio de higiene e cosméticos; comércio de aparelhos esportivos, instrumentos e brinquedos. Todos os estabelecimentos deverão funcionar com fornecimento de álcool gel, funcionários e clientes com máscaras e cumprindo as regras de distanciamento. O funcionamento presencial será das 12h às 17h. Entre 8h e 12h, o delivery será permitido. 
As atividades religiosas também estão liberadas.  
Os cartórios foram incluídos no decreto para os seguintes serviços extrajudiciais (através de agendamento): notas, registro de imóveis, registro de títulos e documentos e pessoas jurídicas.
Fica determinado ainda que os estabelecimentos autorizados deverão funcionar com apenas 20% do quantitativo de funcionários. O transporte intermunicipal também foi liberado. Os bloqueios sanitários foram retirados. Qualquer alteração dos números de casos de Covid-19, para pior, poderá resultar em nova proibição das atividades não essenciais. 
Confira a íntegra do decreto AQUI
Postado por Tadeu Nogueira às 14:30h

2 comentários:

Elton disse...

Qro saber e quando e que vai liberar as cademias,porque desde do carnaval qie eu nao puxo ferro,puta que pariu

Unknown disse...

Meu amigo qual a capacidade que as igrejas poderão funcionar 20% e 30% e 40% ou 100% essa é a dúvida deu muito pastores e eu gostaria de perguntar a você qual a capacidade obrigado