quarta-feira, 29 de julho de 2020

MEGAINVESTIMENTO: EÓLICA NO MAR DE CAMOCIM CUSTARÁ R$ 14 BI

O Ceará desponta como principal polo de atração de investimento para eólica offshore (alto-mar) do país, após o início do licenciamento, pela BI Energia, de um novo parque em
Camocim, com 1,2 GW de potência, distribuída em 100 aerogeradores de 12 MW. 
Com o novo projeto, quatro dos sete parques eólicos offshore atualmente em licenciamento no Ibama estão localizados no Ceará. 
Será um momento único para o setor. É o começo do desenvolvimento de uma indústria”, afirma Lúcio Bonfim, da BI Energia, sociedade entre o empresário e a italiana Imprese e Sviluppo. 
O executivo espera a licença de instalação para os próximos dias e a BI Energia solicitou o despacho de registro de outorga (DRO) na Aneel. A empresa pretende contratar um EPC (contrato de engenharia, suprimento e construção) e, a partir da licença, intensificar a busca por investidores. Lúcio Bonfim afirma que os projetos envolvem investimentos bilionários, estimados em R$ 7 bi para Caucaia e R$ 14 bilhões para o parque em Camocim.
Postado por Tadeu Nogueira às 19:40h
Com informações da EPBR

3 comentários:

Unknown disse...

Que de td certo e o camocim avance

Unknown disse...

Meio desproporcional intala aerogeradores com capacidade unitário de 12mw,tendo em vista que o mercado tem disponibilidade de aerogeradores com capacidade bem maior para o setor offshore.ta estranho essa conversa.

Unknown disse...

E o pescado vai pôde pescar como é q ficar. Pq ai nessa ária todos o pescadores de camocim tira seu sustento. E ai?